Artigos arquivados em " Novembro, 2018"

Como ler um pneu

Como ler um pneu

Hoje vamos falar sobre como ler um pneu. Pensemos que as rodas são o único ponto de união entre o veículo e o asfalto. No exterior, o pneu é o responsável por manter uma boa superfície de contacto com o solo, assegurando com o seu nível de aderência a tracção do veículo sobre o terreno.

Apesar de serem tão importantes, com frequência nos passam desapercebidas as suas características. Como muito, conhecemos a sua largura e o diâmetro interior. Ah, e que se desgastam e por isso há que mudá-los antes que o relevo tenha menos de 1,6 mm de profundidade. No entanto, basta dar uma olhadela às laterais dos pneus para comprovar que ali se nos oferece muita informação, grande parte da qual nos pode ajudar se soubermos analisá-la de forma conveniente.

Ler mais…

Medo de conduzir: Quais são as causas?

Medo de conduzir

Não é a primeira vez que falamos sobre a amaxofobia no Circula Seguro e hoje recuperaremos as nossas reflexões sobre o medo de conduzir, após a realização de um estudo da FUNDAÇÃO MAPFRE em Espanha, que procura explicar o porquê da amaxofobia. Estima-se que cerca de 8,5 milhões de pessoas sofrem com o medo de conduzir em determinadas circunstâncias relacionadas com o clima, densidade de tráfego, condução nocturna e novas rotas, para nomear alguns exemplos.

Assim sendo, um terço dos condutores sente medo de conduzir e existem alguns dados curiosos, como o fato de que a percentagem de mulheres com amaxofobia é quase o dobro em relação aos homens. O medo de conduzir é um distúrbio no qual os afetados sofrem em silêncio e que afeta a autoestima do mesmo, mas que pode ser superado com a ajuda de um especialista.

Ler mais…

Circulação em rotunda

rotunda

Muito se tem falado, escrito e argumentado sobre a correta forma de circular numa rotunda. Ora, todas as explicações dos supostos teóricos surgem numa linha de raciocínio supostamente cândida, imaculada, sem oscilações ou assimetrias. No entanto, como tudo na vida, também a circulação em rotunda não segue não segue essa utópica linha retilínea teórica, mas muito irregular na prática. Assim é, porque o lugar que o comum mortal chama de rotunda, pode, na verdade, não o ser. Poderá não passar de uma praça com placa, eventualmente, circular ao centro.

Ler mais…

Crónica de uma viagem com Navegador GPS

condução com GPS

Após alguns estudos de viabilidade financeira, vulgo saber se as economias chegavam, fiz uma viagem pela Europa em conjunto com a minha esposa e cunhados. Como o carro possuía navegador GPS o meu cunhado, proprietário da viatura, atualizou-o no concessionário da marca algum tempo antes, tínhamos tudo previsto.

Porém quando são efetuadas atualizações no GPS julgamos que estamos acautelados para todas as novidades, o que nem sempre acontece. Planeamos a viagem… pronto, o meu cunhado planeou, as várias paragens, os hoteís, basicamente tudo.

Pois, tudo previsto… exceto os imprevistos! Falharmos uma saída é expectável, algo que em mais de 5.000 quilómetros eventualmente irá acontecer, porém quando começamos a fazer o percurso e já andamos mais de 2.000 quilómetros e tudo correu bem, até conseguimos encontrar um hotel em Espanha, escondido nas montanhas sobranceiras a Bilbao, em Gorbeia.
Ler mais…

Top 15 dos motivos de acidentes de viação

Acidentes de viação

Todos, ou quase todos, julgamos que atualmente conduzir e falar ao telemóvel é a principal causa de acidentes rodoviários. Será assim mesmo? Não. O principal motivo de acidentes não são as distrações causadas pelos telemóveis enquanto conduzimos. O “olhar para o lado” é que ocupa o top deste das distrações, enquanto conduzimos.

Este é o resultado de um novo estudo acerca de acidentes de trânsito conduzido pelo The Virginia Department of Motor Vehicles e pela Virginia Commonwealth University em Richmond (USA). Mais de 2.700 acidentes e 4.500 condutores foram estudados naquele que pode ser considerado o maior estudo sobre como simples distrações podem causar efeitos desastrosos.

Ler mais…

Acessórios de segurança do carro: quando e como?

Acessórios de segurança do carro

A segurança rodoviária começa na prevenção e cada um de nós é responsável pela sua promoção. Qualquer condutor tem ao seu dispor diversas soluções ou acessórios capazes de o ajudar a garantir e aumentar a sua segurança em relação aos outros condutores. Importante é saber quando e como usar adequadamente as soluções ou acessórios de segurança do carro.

Ler mais…

Motos e curvas (2): O controle do acelerador

Motos e curvas

Depois de na primeira parte passarmos a conhecer como se executa a técnica de contra-brecagem e as técnicas de sobrevivência, vamos falar hoje sobre o acelerador, algo de grande importância. Dependendo de como agimos no acelerador, podemos conseguir delinear curvas de uma forma mais eficaz e com maior segurança.

A primeira coisa que devemos entender é que o acelerador nos permitirá transferir parte do peso do pneu de trás ou do dianteiro, em função de se estar a acelerar ou, pelo contrário, se ter soltado completamente o manípulo do acelerador, sendo que o motor está a exercer uma retenção sobre o motociclo.

Ler mais…

Dez conselhos para uma condução eficiente

Condução eficiente

O que é a condução eficente? Hum… No posto de gasolina estão prestes a estender-me uma passadeira vermelha. Passo a cada 48 horas por lá. São coisas que acontecem quando uma pessoa se dedica dia sim, dia sim, a esta coisa de dar voltas pela cidade a bordo de um automóvel. O que aconteceu foi que um dia destes, enquanto pagava (ouch!) a conta de encher o meu depósito de gasóleo a preço de ouro negro, reparei nuns pedacinhos de papel que estavam sobre o balcão.

Eram uns folhetos que continham “10 conselhos para ajudá-lo a conduzir de forma mais eficiente”. Editados pela Comissão Europeia, esses pedaços de papel resumem de uma forma bastante acertada o que deveria ser o decálogo de um condutor que não quer acabar por comer da caridade por ter que manter o seu veículo, já que dizem que estamos em tempos de vacas magras e há que apertar o cinto (ainda mais).

Não são conselhos excessivamente inovadores, mas podem ser seguidos sem que haja necessidade de se ser um perito do volante.

Ler mais…

Os condutores séniores e a dificuldade de deixar de conduzir

Condutores séniores

A mobilidade das pessoas é uma das bases para o funcionamento da nossa sociedade, tanto economicamente quanto em termos de bem-estar. Nós recorremos aos veículos para o trabalho e para nos distrairmos. Essa indispensabilidade de deslocação tornou o acto de conduzir em uma necessidade quase primal. Por outro lado, a prática habitual de condução de veículos leva a que cada reacção ao volante se cosntitua como um reflexo, de modo a que se associa a sua condição como condutor a mais uma vertente de sua personalidade.

O que acontece quando não existe outra escolha a não ser parar de conduzir, pois o corpo já não responde da mesma forma como você se encontra com suas totais capacidades? Talvez esse seja o pior momento para um condutor que sempre encontrou em seu carro um sinal de liberdade, autonomia, independência e até mesmo um símbolo de autoridade. E, certamente, esse momento irá chegar brevemente para muitos de nós. No entanto, é quase óbvio que o conhecimento da situação e até mesmo saber como detectar os primeiros sintomas que indicam uma possível perda de capacidade de condução, é o primeiro passo para encontrar adequadamente a resposta para o problema, seja para nós mesmos ou para as pessoas no nosso meio ambiente.

Ler mais…

Como funciona um airbag, em cinco breves vídeos

O airbag do SEAT Ibizaairbag é um avanço tecnológico no campo da segurança passiva dos veículos que, mesmo não tendo a importância do cinto de segurança, transformou-se em uma revolução no mundo automóvel, pois ajuda o cinto a reter os ocupantes do veículo aquando de uma colisão grave, salvando-os de graves danos causados ??por movimentos involuntários aos quais são submetidos durante a desaceleração súbita.

Talvez tenhamos visto algumas vezes airbags expostos, inclusivamente tivemos aqui um airbag que explodiu acidentalmente devido a danos não reparados, mas nós nunca vimos como um airbag funciona e se expande como veremos hoje, a partir de cinco perspectivas muito diferentes que nos ajudarão a melhor avaliar esse elemento essencial para a nossa protecção.

Ler mais…