Artigos arquivados em " Novembro, 2018"

Um dia perfeito

dia perfeito

Hoje levantei-me da cama com uma sensação que tudo ia correr bem no meu dia. Que seria um dia perfeito. Normalmente acordo com vontade de fazer com que o dia decorra bem, sem atritos, com as expectativas a serem superadas para mim e para os outros, mas nem sempre é assim.

Hoje é um desses dias especiais. Apesar de ser Dezembro o sol brilha no céu e não está frio, é uma boa manhã de fim de outono. A minha expetativa para o dia á a melhor, nesse momento recordo-me que tenho que conduzir até ao trabalho. Como será a viagem?

Ler mais…

A melhor solução contra o atropelamento de animais consiste em demonstrar o que nos diferencia deles

Atropelamento de animals nas estradas

Só este ano, e até ao fim do Outubro, a GNR contabilizou 1.091 acidentes nas estradas portuguesas resultantes de colisões com animais. Raposas, aves diversas e cervos engrossam a lista de animais não controlados que deambulam pelas proximidades das nossas estradas ocasionando numerosas situações de risco para os condutores e para as próprias espécies.

Em caso de atropelamento de animais, deve sempre contactar-se a polícia. No caso de se tratar de um animal doméstico, o Código da Estrada prevê multas para os donos, que são responsáveis dos seus animais. No caso de animais selvagens… é um pouco mais complicado.

Ler mais…

Exame de condução (3)

Revalidação Carta de Condução

Um dos exames de condução práticos que está muito na moda são os “auto-propostos” da categoria de ligeiros. Os auto-propostos da categoria de ligeiros são, essencialmente, encartados que foram apanhados na “armadilha” provocada pela lei que impõe uma renovação médica da carta de condução aos 50 anos de idade.

São em Portugal milhares, cerca de sessenta mil, os condutores que se viram, se veem ou ainda se vão deparar com a necessidade de se submeterem a exame de condução prático. Tal deve.se ao facto de a sua carta de condução estar caducada à mais de um ano, ainda que tenha nela inscrita nela uma data que, supostamente, a torna válida.

Ler mais…

Exame de condução (2)

Centro de exames

Um exame será sempre um exame, seja ele qual for ou sobre o que for. O efeito psicológico e a incidência que tem a palavra “exame”, sobre um individuo, é tão forte, que faz com que muitas sejam as pessoas que têm dificuldade em controlar o seu estado emocional e desta forma não demonstrarem as suas competências.

O mesmo acontece quando um formando de uma escola de condução se propõe a exame de condução. As emoções são tantas e surgem numa cascata tão intensa, que se torna difícil controlá-las. Tal pode acontecer, essencialmente neste caso especifico, devido a duas razões; menor preparação na realização das tarefas da condução e controlo emocional, mas também devido à mensagem que vai passando de falta de uniformidade e iguais critérios de avaliação por parte de quem avalia.

Ler mais…

Como conduzir facilmente

drinving position

Sempre que conduzo um carro diferente do meu do dia-a-dia perguntam-me se é fácil me adaptar a conduzir algo diferente do que estou habituado, eu respondo que sim, normalmente ao entrar num veículo diferente demoro um ou dois quilómetros a ficar familiarizado com a dinamica básica, a partir daí já estou minimamente à vontade para conduzir intuitivamente.

Alguns amigos perguntam-me como é que o faço, bem eu tenho um método que funciona bem comigo, e começa com algo muito simples, tão simples que é ensinado na escola de condução e é tão importante que é a primeira coisa que se aprende na primeira aula. Ou deveria ser…

Ler mais…

Seguro de Responsabilidade Civil, o que tenho?

seguroffice

Em Portugal, como em qualquer outro país da Europa, um veículo a motor ou o seu reboque, para circularem na via pública têm de estar segurados com um seguro de responsabilidade civil. Ou seja, para nos fazermos à estrada com um veículo motorizado temos de possuir um contrato com uma seguradora, seja ela qual for.

Segundo o código da estrada português, quem na via pública circular um veículo motorizado ou a ele atrele um reboque sem que estes estejam segurados, incorre numa contra-ordenação muito grave e terá como consequência a aplicação de uma coima, a inibição de conduzir pelo período que pode variar entre um mês e um ano, assim como a apreensão do veículo até à apresentação do documento comprovativo de seguro de responsabilidade civil.

Ler mais…

Auto-estrada, uma entrada ou uma saída?

Auto-estrada

Uma, outra e uma vez mais surge na comunicação social a noticia de mais um acidente frontal na auto-estrada A,B,C ou D. Mais uma quantidade de mortes, feridos graves e muita, muita indignação surpresa, revolta e interrogações em busca de respostas que tardam em chegar ou que muitas das vezes se esfumam no ar.

Um e mais outro condutor que foi detetado e parado a tempo de provocar um acidente, circulando em sentido oposto na auto-estrada E,F,G ou H e que se verifica ser um condutor sénior, onde a justificação é, em norma, o engano no acesso à respetiva via de circulação por razões que se cruzam, muitas vezes com a confusão que o mesmo acesso promove aos condutores.

Ler mais…

Suiça: Condução no limite da lei

Duarte Suiça

Conduzir é identico em todo o lado, ou deveria ser, mas na Suiça existe uma cultura de condução no limite da lei, ou seja todos andam colados ao limite mas ninguém passa dos limites, pois existem cameras  em todo o lado, sejam nos cruzamentos, nos semáforos, ou atrás de um placar com a indicação de um limite de velocidade.

Parece que a caça à multa que afirmamos que existe em Portugal é talvez um pouco exagerada por nós, pelo menos se compararmos com o país conhecido pelos canivetes multifunções, parece que no país onde um canivete serve para tudo, acho que só não faz café, a forma com que todos são controlados parece tirado de um filme.

Ler mais…

É a sinistralidade a contrapartida da mobilidade?

siniestralidade rodoviária

É frequente o comentário de que a elevada sinistralidade viária não é mais do que o preço que devemos pagar por disfrutarmos de uma mobilidade ágil e personalizada que está ao alcance de praticamente qualquer bolso. Coisas dos tempos em que vivemos.

Depois de tudo, os chamados “acidentes de trânsito” não são mais do que eventos isolados que ou bem que acontecem aos outos ou bem que nos acontecem a nós porque têm que nos acontecer. Porque, no fundo, é uma questão de sorte. É óbvio que esta é uma visão que, embora distorcida, está presente no imaginário coletivo. Porque?

Ler mais…

Escolas de condução, fábricas ou lojas?

Oficina do Condutor - Escola de Condução

As escolas de condução não são, supostamente, fábricas de condutores ou lojas de aquisição de cartas de condução onde os clientes vão e se inscrevem na certeza absoluta de que num curto espaço de tempo irão obter o titulo que habilita a conduzir um veículo de uma determinada categoria.

Uma escola de condução, pretende-se, deve ser um centro de formação de futuros condutores que se desejam cumpridores das normas que regem a circulação, prevenção e segurança rodoviárias, de agentes cívicos e exemplares de boa conduta para as gerações vindouras. Uma escola de condução deve transmitir o saber de uma forma serena, para que os formandos percebam a necessária tranquilidade com que devem abordar as diversas situações do tráfego.

Ler mais…