Artigos arquivados em " Fevereiro, 2019"

Pontos-negros no mapa de estradas

Auto-estradas, os pontos negros

Portugal tem uma rede viária muito completa e diversificada que proporciona aos seus utilizadores diversas possibilidades de circulação nas suas deslocações, sejam elas mais longas ou mais curtas.

É no entanto verdade que nesse mapa de estradas portuguesas, muitas são as vezes em que as vias ao dispor de todos são uma verdadeira utopia, uma vez que nem todos têm a possibilidade de as utilizarem, pois isso acarreta custos elevados para os seus utilizadores.

Ler mais…

Conduzir no limite da capacidade física

Conduzir com cansaço

A condução, não sendo uma actividade difícil de executar, tão pouco é algo de fácil desenvolvimento. Se pensarmos com clareza e discernimento, iremos verificar que o acto de conduzir não é nada mais do que um conjunto de actividades motoras e mentais que vão trabalhando entre si. Denominam-se de capacidade física e psicológica.

O que acontece é que, com a experiência, os condutores vão desenvolvendo rotinas que lhes vão permitir desenvolver a actividade da condução, em muitos processos, através do seu subconsciente. Isso faz com que a condução pareça uma tarefa fácil de executar.

Ler mais…

Os perigos da má visibilidade

Má visibilidade

Os dias de hoje já não são como os de ontem, é o que diz o povo quando se refere, entre outras coisas, às condições atmosféricas. Se à alguns anos as estações do ano estavam bem definidas, quase que regulamentados os dias em que cada estação chegava, hoje em dia apenas tal acontece no calendário, mas não na característica.

Quando saímos para a estrada aos comandos da nossa viatura, temos de ter presente que as condições atmosféricas são factor determinante para os comportamentos que devemos adoptar na nossa condução ao longo do caminho.

Ler mais…

Os veículos nas nossas estradas

Os veículos nas nossas estradas

De modo geral, o meio rodoviário é composto por uma quantidade de veículos bastante variável. Desde o velocípede ao tractor com semi-reboque, passando pelo ligeiro ou pelo autocarro, muitos mais veículos existem contemplados na legislação portuguesa e europeia como veículos.

Acontece que, em muitos locais, as vias de circulação não se encontram adaptadas à circulação de outros veículos que, na legislação se encontram equiparadas a peões. É o caso das cadeiras de rodas. Cadeiras de rodas estas que sofreram alterações tecnológicas, com vista facilitar a vida aos seus utilizadores.

Ler mais…

A caixa-negra na resolução de acidentes

Caixa negra na segurança rodoviária

A sinistralidade rodoviária, para além dos enormes problemas sociais que proporciona, transporta consigo um dilema que deixa muitas vezes a cabeça em água de quem tem de decidir… a culpa! De quem é a responsabilidade de um determinado acidente.

As causas são muitas vezes adulteradas, pois na falta de testemunhas, surgem as mais diversas desculpas e atribuição de culpa a questões alheias. Em situação de conflito envolvendo mais de dois veículos, a dúvida sobre o inicio do sinistro e o seu desenvolvimento fica, muitas vezes, perdido.

Ler mais…

Terá Portugal investido na segurança rodoviária dos bombeiros?

Condução defensiva a bombeiros

Um ano mais está prestes a passar e logo, logo, estaremos em plena época de incêndios. Época essa que obriga a uma elevada mobilização de viaturas de bombeiros e respectivos operacionais. Um ano, doze meses passaram e o que foi feito?

Todos os anos, a cada ano, somos severamente confrontados com noticias de acidentes e mais acidentes com viaturas “vermelhas” que se deslocam, muitas e tantas vezes sem uma orientação especifica, transportando homens que procuram, contra as suas mais puras forças, chegar a todo lado. Auxiliar mais um popular.

Ler mais…

Pagamento da multa na hora (2)

lambo multa na hora

Depois de vermos que de acordo com a resolução do Conselho de Ministros, atualmente os condutores supostamente infratores podem entregar o valor da coima a título de pagamento, o que supõe a admissão da culpa, ou a título de depósito, vejamos agora como se desenrola o processo de pagamento da multa na hora.

Nos casos em que são entregues a título de depósito, os condutores podem contestar posteriormente a sanção. Contudo, na data da criação desta resolução considerou-se que “na generalidade das vezes, os condutores não são devidamente informados desta opção” e o Governo, para “evitar incidentes processuais” propôs que a quantia seja sempre entregue “a título de depósito”.

Ler mais…

Conflito de interesses entre condutores e peões

Conflito de interesses entre condutores e peões

Portugal é um país onde abundam as festas representativas de localidades, santos os temas. Festas estas que arrastam milhares de populares, o que faz com que o trânsito de veículos aumente consideravelmente nas localidades que acolhem as festividades.

Uma vez que existe abundancia de veículos, existe também e em maior número concentração de peões. E estes dois factores criam, só por si, um conflito de interesses entre condutores e peões quando ambos utilizam o mesmo espaço para circular.

Ler mais…

Pagamento da multa na hora (1)

radar multa na hora
Em 2010 o Comando-geral da GNR emitiu uma nota interna a todos os comandos territoriais, que foi polémica, nele constava que a cobrança de multas é obrigatória no ato de verificação da infração ao Código da Estrada. Afirmando ainda que a forma de notificação não podia ficar ao critério do agente. Portanto deveria ser efectuado o pagamento da multa na hora.

No ano seguinte é aprovada uma proposta de lei que altera normas declaradas inconstitucionais no Código da Estrada, passando a prever que os condutores, supostamente infratores, entreguem o valor da coima, a título de depósito, à autoridade que os autuou. Ler mais…

Estacionar nos passeios e o risco na circulação de peões

Estacionamento nos HUC

Coimbra, capital de distrito tem um centro hospitalar universitário que se dá pelo nome de “HUC – Hospitais Universitários de Coimbra”, o qual recebe, diáriamente centenas de utentes, nos seus serviços.

Quando foi projectado, até porque é um hospital central, deveria ter-se tido em consideração o número de anos que iria estar ao serviço do público, estimando-se dessa forma o fluxo de utentes que o iriam procurar. Desta forma, conseguir-se-ia programar com antecedência o número de lugares, aproximado, de estacionamentos que seriam necessários.

Ler mais…