Artigos arquivados em " Fevereiro, 2019"

Atropelamentos! O que fazer para os evitar. (2)

Atropelamentos! O que fazer para os evitar.

O flagelo dos atropelamentos pode ser diminuído, diminuindo desse modo a dor das vitimas, dos familiares e dos custos inerentes às ocorrências. Basta que para tal, cada um dos responsáveis pela segurança e prevenção rodoviárias, desenvolva a sua acção correctamente.

Apontar o dedo é fácil e atribuir a culpa ainda mais. Acontece que a ocorrência dos atropelamentos não é culpa de um só dos intervenientes… tem sempre na responsabilidade, dois. Um que está presente e outro que nunca está presente.

Ler mais…

Novo ano, nova atitude

fim do ano Madeira

Mais um fim de ano que se aproxima, mais um alegre recordar dos objetivos cumpridos e um renovar dos que pretendemos realizar no novo ano. Que tal pensar na nossa forma de estar e agir quanto à condução? Que tal adotar a máxima de novo ano, nova atitude?

Mas, não foi exatamente isso que aconteceu nesta época do ano passado? Sim foi, decidimos que iríamos realizar tantos feitos e atingir tantas metas e agora constatamos que algumas ficaram para trás, mas quando tocam à segurança devemos constantemente renovar esses ideais.
Ler mais…

Atropelamentos! O que fazer para os evitar. (1)

Atropelamentos! O que fazer para os evitar.

Os atropelamentos a peões e animais, é um flagelo que atinge a sociedade e quem nela desenvolve estratégias para que eles não ocorram. Acontece que continuam a suceder-se casos de atropelamentos, com maior ou menor gravidade.

Portugal, tal como outros países da União Europeia, sofre em grande escala com esta maleita.  Muitos são os registos de sinistralidade rodoviária onde surgem os atropelamentos como factor de consequência e aos quais não é dada uma resposta adequada.

Ler mais…

Operação Natal nas estradas portuguesas

Operação Natal nas estradas portuguesas

Foram quase 4000 os agentes que a Guarda Nacional Republicana colocou nas estradas portuguesas entre os dias 23 e 28 de Dezembro de 2014, na habitual “Operação Natal”. Quase 4000 mil operacionais desta instituição de segurança e vigilância, para ajudar os automobilistas que se deslocam, nesta quadra festiva, para junto das suas famílias.

Os primeiros números surgiram na manhã do dia 25, com valores superiores aos do mesmo período do ano 2013. 4 mortos, 10 feridos com gravidade em 385 acidentes registados. Sabendo-se que esta “Operação Natal” apenas termina no próximo domingo, os valores serão mais elevados.

Ler mais…

Volvo revela tecnologia para escapar de acidentes

Volvo revela tecnologia para escapar de acidentes - cs 2

Com o desenvolvimento de um novo dispositivo de segurança que encontra rotas de fuga ou desvio em situações de colisão, a Volvo Cars dá mais um passo para alcançar sua visão de, em 2020, não ter vítimas fatais ou feridos graves dentro de um novo Volvo.

Em dezembro, após quatro anos de desenvolvimento das tecnologias, o projeto Non-Hit Car and Truck será finalizado, com o desenvolvimento de uma nova geração de sensores que permitem monitoramento de 360º ao redor do carro. Ler mais…

No regresso a casa, mantenha a calma no trânsito

No regresso a casa, mantenha a calma no trânsito

Hoje é dia 24 de Dezembro, dia de Natal, de jantar familiar, confraternização, comemoração, festa. E normalmente, neste dia, para a mesa vem uma refeição acompanhada por algumas bebidas que não se coadunam com a segurança rodoviária.

Uma vez que hoje é quarta-feira, muitas são as pessoas que depois de amanhã terão de se apresentar no seu local de trabalho. Ou seja, muitos são aqueles que terão de fazer uma quantidade de quilómetros no regresso a casa, amanhã,  preparando-se para sexta-feira irem trabalhar.

Ler mais…

Como fazer o preenchimento da declaração amigável

declaração amigável

Os acidentes nem sempre acontecem só aos outros, para estar preparado para uma eventualidade, saiba o que deverá ter em atenção e como fazer o preenchimento da Declaração Amigável de Acidente Automóvel.

Este é um momento que ninguém gosta e onde se gera algum stress, na eventualidade de ocorrer a si, não deixe passar os pormenores ao lado, saiba o que deve fazer, como preencher os dados na declaração amigável e quais são os dados que deverá dar e quais deve receber do outro interveniente, ou dos outros intervenientes. Ler mais…

Segurança rodoviária no Natal

Segurança rodoviária no Natal

Com a entrada na penúltima semana do ano e, consequentemente, semana do Natal, o fluxo de trânsito nas estradas portuguesas vai sofrer um aumento considerável. Com esse aumento, que surge todos os anos, aumentam também os riscos de sinistralidade.

Todos os anos as forças de fiscalização e controle da Guarda Nacional Republicana e Polícia de Segurança Pública, pela ocasião do Natal, lançam campanhas de aproximação ao condutores e aconselhamento. Todos os anos essas forças policiais alertam os condutores para a necessidade de se circular em segurança.

Ler mais…

Maior vigilância nas estradas portuguesas

Maior vigilância nas estradas portuguesas

Aumentou a vigilância nas estradas portuguesas. Com a renovação da frota da Guarda Nacional Republicana, a instituição de vigilância e fiscalização aumenta, desse modo, a sua presença na fiscalização e acompanhamento dos condutores.

Com esta renovação da frota da Guarda Nacional Republicana e da Polícia de Segurança Pública, pretende o Governo, através do Ministério da Administração Interna, desenvolver uma estratégia de acompanhamento e vigilância capaz de diminuir a taxa de sinistralidade rodoviária.

Ler mais…

Conduzir com animais nos carros prejudica em muito a condução

Cães em carros - CS

O ato de conduzir deve ser feito com extrema atenção, todo na estrada acontece em segundos ou centésimas de segundos, o simples facto de olharmos para os bancos de trás para fazer qualquer coisa, pode ser suficiente para não ver uma pessoa a atravessar uma passadeira ou um carro que sai de um estacionamento. Quando se fala em distrações vindas dos bancos de trás certamente que o seu primeiro pensamento foram as crianças, mas engane-se, porque os animais, mais habitualmente, cães ou gatos, são um ponto de distração mais acentuado do que as crianças. Ler mais…