Artigos arquivados em " Dezembro, 2018"

Buracos na faixa-de-rodagem que condicionam a segurança de todos

Buracos na faixa-de-rodagem que condicionam a segurança de todos

Uma via de circulação quer-se e deseja-se o mais segura possível para os seus utilizadores. Se assim for, está garantida uma elevada percentagem da segurança rodoviária reclamada por todos e que a todos deve servir.

Acontece que, ao olharmos para a grande parte das vias de circulação portuguesas, ditas como estradas ou ruas, verificamos que estas se encontram replectas de buracos, uns mais profundos do que outros, é certo, mas replecta dele; buracos que condicionam a segurança rodoviária de todos os seus utilizadores.

Ler mais…

A chuva provoca cheias e condicionantes rodoviárias

Conduzir com estradas alagadas

As cheias estão na ordem no dia. A muita chuva que se tem vindo a sentir provoca um aumento no caudal dos rios e afluentes, fazendo-os saltar das suas margens e inundarem os terrenos vizinhos que são, bastante vezes, estradas ou caminhos rurais.

O facto dos caudais dos rios serem maiores e condicionarem a circulação de certas vias de circulação, deve-se também ao facto das barragens terem de libertar enormes quantidades de metros cúbicos de água, associado ao mau planeamento territorial e débil construção de vias.

Ler mais…

7 ruídos do carro que o deve preocupar

Subaru-H6

Nem sempre se pode detetar a tempo uma avaria grave no veículo, mas há muitas ocasiões em que é possível. O que tem de fazer é estar atento e ouvir o que o veículo lhe diz. 

Se aparecer algum ruído suspeito no seu carro, o melhor a fazer é ir de imediato à sua oficina de confiança para que vejam o que se passa, já que pode poupar bastante no futuro. Isto deve-se a que, em muitas ocasiões, ouvir os ruídos do carro pode ajudar a detetar uma falha incipiente em diversos sistemas.  Ler mais…

Nevoeiro e o risco do acidente rodoviário associado

Nevoeiro e o risco de acidente associado

O nevoeiro e a segurança rodoviária não são factores que liguem bem um com o outro. O nevoeiro promove um estado de risco elevado na condução, pelo facto de diminuir consideravelmente a visibilidade e criar no asfalto uma camada escorregadia, diminuindo o atrito  que os pneus executam.

Quando se conduz com as condições atmosféricas adversas, nomeadamente com presença de nevoeiro, deve o condutor adquirir comportamentos de segurança que combatam a debilidade a que está sujeito durante o seu caminho; deve utilizar as luzes de cruzamento, mesmo durante o dia e sempre que necessário as luzes de nevoeiro. Ler mais…

Como procurar um lugar de estacionamento e como usá-lo

20160210_184537Quando procuramos um local onde estacionar devemos ter em atenção determinados cuidados para que façamo-lo de forma correta e que quem está por perto de nós, quer seja em outros carros que seja a pé, não seja prejudicado pela nossa forma de estacionar.

Em primeiro lugar devemos sinalizar a nossa vontade de estacionar, ligando o pisca atempadamente quando encontramos a vaga desejada, essa nossa demonstração de intenções irá diminuir a probabilidade de confusões desnecessárias. Se dois carros chegam ao mesmo tempo num local de estacionamento livre aquele que demonstrar primeiro a intenção de ocupá-la, ligando o pisca, deverá ter direito de preferência. Ler mais…

Estarão os passeios preparados para garantirem a circulação segura dos peões?

Estarão os passeios preparados para garantirem a segurança dos peões?

Os passeios em Portugal conseguirão garantir a segurança na circulação dos peões? – Esta é uma questão pertinente que se coloca, principalmente nestes dias de chuva e em diversos pontos de circulação pedonal.

A questão é pertinente, uma vez que muitos são os espaços de circulação de peões, tradicionalmente denominados por passeios, em que não existe uma manutenção adequada, e para além de não estar nivelada, é extremamente escorregadio.

Ler mais…

PSP e GNR não são imunes nem impunes ao acidente rodoviário

PSP e GNR não estão imunes e impunes ao acidente

Os acidentes rodoviários são situações de tráfego que ocorrem quando algo falha no sistema de circulação, não escolhe actores e todos os que utilizam as estradas estão sujeitos a, directa ou indirectamente, se verem envolvidos em algum.

O mesmo acontece com as forças de fiscalização, GNR e PSP que, utilizando as estradas nacionais, também os agentes que conduzem as viaturas destas instituições, estão sujeitos a se verem confrontados com situações de sinistralidade rodoviária, muitas vezes com consequências graves.

Ler mais…

A importância do piso do pneu

 

piso do pneu

Com este clima inconstante, que tanto chove como está sol, o piso do pneu são provavelmente uma das partes mais importantes do veículo, são os pneus que fazem o contacto com a estrada e se este não estiverem em condições todo o veículo está em perigo, independentemente da tecnologia que o veículo tenha, se o pneu não estiver em condições, nada feito.

O pneu não só deve proporcionar tracção, aderência e ser um elemento de suspensão, como também tem de causar boa impressão.

Ler mais…

INEM e uma postura no meio rodoviário, aceitável.

INEM e uma postura no meio rodoviário, aceitável.

O facto do INEM – Instituto Nacional de Emergência Médica ter ao dispor da população viaturas de socorro é algo que nos deve orgulhar e tranquilizar, uma vez que, em principio, a qualquer hora do dia ou da noite, teremos sempre alguém que venha ao nosso encontro.

Acontece que, o que mais desejamos, é que essas viaturas do INEM, tanto as ambulância como as VMER, chegues mesmo ao nosso socorro e não se fiquem pelo caminho a aguardar que outros vão ao seu encontro para que, também eles, possam ser socorridos.

Ler mais…

Como melhorar a segurança das crianças

21538819248_f301e95fb3_k

A Organização Mundial de Saúde (OMS) definiu dez estratégias para ajudar a manter as crianças seguras na estrada e leva-las de volta à sua família no fim de cada viagem, após percorrer uma qualquer estrada por esse mundo fora…

Mas para isso cada país deve fazer a sua parte, cada família deve fazer a sua parte e cada individuo deve fazer a sua parte, uma sociedade que oferece uma “boa dose” de segurança rodoviária é uma sociedade que percebe que tem de ser abrangente e apesar  de envolver muitas variáveis e riscos, sem o empenho de todos não vamos a lado nenhum. Ler mais…