Artigos na categoria Condução eficiente

Os vários níveis de hibridação. Quais são?

A tecnologia “mild hybrid” de 48 Volt permite uma redução significativa dos consumos e emissões da maioria dos automóveis, de um modo simples e a baixo custo. Esta tecnologia será decisiva na popularização massiva dos híbridos, pelas vantagens que acarreta, pela sua simplicidade de funcionamento, e porque pode ser instalada em automóveis e em estruturas de produção e montagem já existentes, o que permitirá comercializar modelos híbridos a preços muito competitivos.

Ler mais…

O que é a distância de travagem?

 

Será que a distância de travagem é a mesma coisa que a distância de segurança? Não é. Sabe a diferença entre os dois conceitos? O Circula Seguro vai explicar-lhe a diferença.

Uma permite parar em segurança a outra não. Existe mais um pormenor que baralha estas contas, sabe qual? Não é a velocidade, apesar de ser um fator preponderante nos cálculos, mas não é o fator em falta. Descubra qual é. Ler mais…

Conduzir em ponto morto poupa combustível?

Vehicle Parts Control Shift Gear Knob

“Conduzir em ponto morto poupa combustível. Muitos já ouvimos esta afirmação, especialmente vindoade pessoas com mais idade.

Mas será que esta afirmação está correta? Será que ao conduzir em ponto morto poupa mesmo combustível? E será seguro? Descubra em mais este artigo do seu Circula Seguro.  Ler mais…

O boné alerta da Ford

Boné Ford

A falta de descanso ao volante é uma das principais causas de mortos na estrada em conjunto com o álcool e com as drogas. A Sociedade Europeia do Sono (ESRS) recolheu dados no estudo da sonolência ao volante da Fundação CEA, que o sono está direta ou indiretamente relacionado com muitos dos acidentes de trânsito que acontecem por essa Europa fora, especialmente no setor profissional.

Ler mais…

Balanço dos primeiros cinco anos da etiqueta dos pneus

A etiqueta dos pneus é obrigatória desde o dia 1 de novembro de 2012. Este pedaço de papel colado no piso do pneu destaca as prestações em eficiência e segurança dos novos produtos. Cinco anos volvidos, a etiqueta continua a ser uma obrigatoriedade, todavia sofreu algumas alterações, tornando-se cada vez mais criteriosa na classificação de pneumáticos. O objetivo é sempre o mesmo, ajudar os consumidores a comprar… (em) segurança.
Ler mais…