Artigos na categoria Veículos pesados

Veículos em marcha de emergência – por que regras se regem?

17316_1020958467928061_5828439923958994228_n

Já nos aconteceu a todos durante a condução depararmo-nos com uma situação de circulação em que nos cruzamos com um veículo em missão de urgência ou emergência.

Primeiro começamos por ouvir as suas sirenes, e percebemos de imediato a sua presença nas imediações; depois, tentamos perceber de onde vai surgir e temos, o quanto antes, agir em conformidade para facilitar a sua passagem.

Ler mais…

Trânsito caótico na baixa conimbricense e o risco de acidente

Trânsito caótica na baixa conimbricense

A baixa conimbricense, na zona da Portagem, é ponto de encontro de diversos tipos de transporte público, logo lugar de elevado fluxo de trânsito a diversas horas. Essa realidade aumenta quando chega a hora do dia em que as pessoas largam dos seus empregos e se deslocam para o comboio ou para os autocarros.

Acontece que, nesse trânsito, na zona indicada, a acumulação de veículos particulares e táxis aumenta exponencialmente, aumentando também a possibilidade de “toques“, uma vez que o espaço passa a ser menor entre as viaturas.

Ler mais…

A interminável ultrapassagem dos automóveis pesados

A interminável ultrapassagem dos automóveis pesados

Muitas são as conversas ou considerações que se vão emitindo aqui e ali, sobre os automóveis pesados, essencialmente de mercadorias, nas estradas portuguesas. A forma como utilizam a via, como a ocupam e do uso que dela fazem.

Alegam, alguns, que os automóveis pesados, principalmente os de mercadorias, deveriam ter vias próprias para circularem ou horas especificas, mais orientadas para o período nocturno do dia. Outros defendem que não deveriam circular em estradas nacionais e estarem unicamente direccionados para autoestradas.

Ler mais…

Bombeiros acidentados, voltou a acontecer.

Acidente com bombeiros, voltou a acontecer

Sem que o verão e a época de incêndios pudessem terminar em sossego, voltou a acontecer um acidente com uma viatura de bombeiros, desta feita, felizmente, sem vitimas mortais a alimentarem a já avultada lista de mortos nas estradas portuguesas e nas fileiras dos soldados da paz.

E voltou a acontecer por que se continua a olhar para estes homens e mulheres de uma forma descuidada, desatenta e não focada na necessidade que existe em garantir mais e melhor formação  aos bombeiros na área rodoviária a quem conduz veículos, em tudo, diferentes dos veículos iguais.

Ler mais…

Na estrada com os bombeiros numa corrida vertiginosa (2)

Na estrada com os bombeiros, numa corrida vertiginosa (2)

Quando no quartel toca a sirene, ou no telemóvel chaga o sms de alerta de emergência, os operacionais bombeiros, voluntários e disponíveis para socorrer terceiros, a adrenalina dispara e as mulheres e homens dão início a uma corrida vertiginosa contra o tempo.

Nas suas mentes foca-se um objectivo; socorrer com a maior brevidade possível, seja numa situação  de incêndio, seja numa de socorro de vida. Desmultiplicam-se em acções que passam pela preparação da equipa de socorro que avança na primeira viatura, à colocação do equipamento de proteção individual, à atribuição de tarefas.

Ler mais…

Camiões no trânsito intenso das férias rodoviárias (2)

Camiões

Com as férias de Verão e milhares de pessoas a irem para a estrada, o trânsito de automóveis aumenta consideravelmente, o que faz com que surjam os indesejados congestionamentos que nos fazem circular a velocidades extremamente baixas e perder muito tempo.

Se esta realidade, para quem vai de férias, apenas condiciona algumas horas de praia, de estadia, etc…, para quem anda na estrada a trabalhar, como os motoristas de automóveis pesados, por exemplo, estes congestionamentos de trânsito condicionam no tempo disponível para circular.

Ler mais…

Nova tecnologia propõe ver “através” de camiões

samsung-safety-truck.1910x1000

Em 2009, o designer de casas russo, Art Lebedev introduziu o conceito intitulado “Transparentius” cujo objetivo era melhorar a segurança rodoviária, algo que podia ser descrito como ingenuamente simples, pois a ideia era somente colocar uma câmara na frente de grandes camiões e conectá-la a monitores de vídeo na parte de trás, informando assim os automobilistas que seguiam na traseira se era seguro para ultrapassar.

Essa é a mesma ideia regressa agora pela mão da Samsung que está testando com um camião um novo protótipo que faz uso do mesmo princípio. Aproveitando a área abundante na traseira dos camiões, a empresa coreana colocou uma “parede” de écrans, formada por quatro monitores, que transmitem a imagem capturada por uma câmara sem fio na frente no veículo. Será que esta tecnologia vingará?
Ler mais…

Transporte rodoviário de madeiras

Transporte rodoviário de madeiras

Muito se tem falado, escrito e debatido sobre o transporte rodoviário de mercadorias em viaturas pesadas. Como podemos verificar no artigo “Tempo de repouso e o descanso do guerreiro“, o tempo de repouso obrigatório surgiu no sentido de melhorar as condições dos motoristas.

Acontece que, no transporte rodoviário de mercadorias, deparamos-nos com os mais diversos tipos de matérias a serem transportadas, onde entre elas podemos encontrar o transporte rodoviário de madeiras a granel.

Ler mais…

Automóveis pesados e a distância de segurança

Automóveis pesados e a distancia de segurança

Hoje poderia vir aqui escrever muita informação variável sobre a circulação de automóveis pesados, sejam eles de mercadorias ou passageiros. Poderia vir escrever alguma informação sobre legislação relativa a circulação destes veículos, mas não o vou fazer.

Quando circulamos na via pública, nós, condutores de automóveis ligeiros, motociclos e outros que não condutores de automóveis pesados, temos de conviver, no mesmo espaço, com estes veículos. São utilizadores da via pública com regras de circulação iguais aos demais, excepto em alguns pontos.

Ler mais…

Transporte de mercadorias a granel

Tramsporte de mercadorias a granel

Em Portugal é hábito nos cruzarmos com veículos pesados de transporte de mercadorias de transporte de madeiras. Isto acontece porque, essencialmente, o nosso país tem uma industria de celulose que exige uma permanente aquisição de madeira para a transformação em pasta de papel.

Estes veículos que transportam os toros de madeira, fazem-no de acordo com a legislação em vigor, ou seja devidamente acondicionados e dentro da área de carga desse veículo. Respeitam as normas de circulação, relativamente aos horários de circulação e repouso. Se assim não for, as entidades competentes, autuá-los-ão.

Ler mais…