Aspetos que o condutor deve observar quando estaciona (2)

Aspetos que o condutor deve saber...

É sabido que muitos são os condutores que, preferencialmente, se fazem deslocar em motociclo. Dizem ser uma forma de estar na vida e desenvolvem essa forma de estar.

Se até à relativamente pouco tempo estes condutores eram, de alguma forma, discriminados relativamente aos condutores de automóveis no que ao estacionamento diz respeito, esse paradigma foi alterado.

Conduzo motociclo, que cuidados devo ter ao estacionar?

A forma como os condutores de motociclos são vistos pelos demais condutores, sofreu uma alteração para melhor; há mais respeito e existe uma interação mais saudável.

Acontece que, não é por estes veículos serem de menor dimensão, quando comparados com os automóveis, que devem ser discriminados no momento em que os seus condutores os querem estacionar.

Desta forma, há relativamente poucos anos, começaram a ser desenvolvidos na via pública, em várias zonas de estacionamento, lugares específicos para veículos de duas rodas.

Estes espaços que foram surgindo têm a finalidade única de proporcionar ao condutor do motociclo a garantia de um espaço capaz de albergar o seu veículo, sem que haja o risco deste ser danificado por um automóvel em estacionamento geral.

Aspetos que o condutor deve saber...

Parque ou zona de estacionamento pago

Muitas vezes é colocada a questão, por parte do condutor do motociclo – Tenho de tirar ticket de estacionamento? – A resposta é… sim e não!

Quando o estacionamento do motociclo for realizado em via pública, numa zona de estacionamento com parquímetro e marcas reservadas ao veículo de duas rodas, a resposta é negativa. Não tem de proceder ao pagamento da imobilização.

No entanto, se o estacionamento for efetuado em parque pago, onde não é retirado ticket de pagamento imediato, mas sim de pagamento final, aí sim, terá de adquirir o documento na máquina, para pagamento posterior.

Cuidados ao estacionar o motociclo

Sendo o motociclo um veículo de equilibrio, quando está estacionado, no descanso, continua a ser preciso que se mantenha equilibrado.

Sabendo-se que muitos destes veículos estão equipados com dois tipos de descanso, o lateral e o central, deve o condutor estar atento ao local onde pretende estacionar; inclinação do plano e tipo de pavimento.

Se, eventualmente, o plano de estacionamento for inclinado, então o condutor deve garantir que o motociclo fica posicionado com a roda dianteia para cima e com o descanso, após colocado, a fazer força para o lado de abertura.

Na possibilidade de apenas poder estacionar num terreno mais vulnerável ao peso da viatura, deve procurar utilizar o descanso central, de modo a que o peso seja homogéneo, diminuindo dessa forma a possibilidade de que o descanso entre com facilidade no piso, criando o desequilíbrio.

Mas se o terreno for instável e o veículo apenas estiver equipado com o sistema central, então deve colocar uma pedra larga ou um pedaço de madeira para que estabeleça uma pressão mais abrangente na área, diminuíndo a possibilidade de se fundir no solo.

Foto¦ DD; JP