Cuidado! Haverá sistemas de segurança adequados nos transportes públicos?

Terão os transportes publicos sistemas de segurança adequados?

Todos sabemos que a segurança rodoviária, nomeadamente em Portugal, tem regras muitos especificas na utilização dos sistemas de segurança passiva, leia-se cinto de segurança e cadeiras de retenção infantil.

Acontece que, também em Portugal, a legislação é tão extraordinária que permite que determinados condutores, nomeadamente os condutores profissionais de Taxi, conduzam no interior das localidades sem que façam uso dos sistemas de segurança, assim como os agentes da polícia o motoristas bombeiros.

Que segurança temos nos transportes públicos?

Quando optamos por nos fazermos deslocar em transporte público, seja ele um Taxi, um elétrico sobre carris ou um autocarro, somos presenteados com viaturas sem sistemas de segurança adequados, eventualmente, à nossa condição de transporte.

Ou seja, quem se fizer deslocar acompanhado por uma criança ou bebé de cadeira nível 0 ou 0/1, ao utilizar o serviço de transporte público, não tem à sua disponibilidade os sistemas de segurança adequados ao transporte dos menores.

Tal não se percebe, uma vez que, com a condução que é praticada por muitos desses condutores, de Taxi ou de autocarros, não é a mais tranquila e está replecta de travagens bruscas e guinadas violentas, o que só por si cria uma situação de perigo elevado Aos passageiros.

Foto¦ Alain Gavillete