Medo de conduzir? Saiba como vencer esse desafio

Medo de conduzir .2

Muitas pessoas mesmo após conseguirem a tão sonhada carta de condução não conseguem aventurar-se no trânsito, por insegurança de não estarem aptas a conduzir um veículo sozinhas. Alguns desses medos devem-se ao tráfego intenso de veículos em nossas vias e à impaciência dos motoristas com os recém-encartados.

Principais causas do medo de conduzir

Conduzir um veículo para algumas pessoas pode parecer uma tarefa simples, mas para uma parte da população o simples ato de ligar o carro pode representar aumento na frequência cardíaca e mãos trémulas. Pensar ao mesmo tempo em que troca marchas, olhar nos retrovisores, pisar no pedal de embreagem, acelerar, travar e ainda prestar atenção no trânsito, são ações que nos primeiros momentos podem representar um certo grau de dificuldade, até o motorista estar habituado e passar a agir com maior destreza.

Síndrome do carro na garagem

De acordo com pesquisa realizada pela psicóloga Neuza Corassa, o maior percentual de vítimas da “síndrome do carro na garagem” está entre as mulheres, com 85%, enquanto 15% dessa estatística é formada por homens, a maioria na faixa etária entre 30 e 45 anos.

Medo de conduzir .1

Perfil das pessoas que têm medo da condução

Geralmente as pessoas que tem medo de conduzir enquadram-se no seguinte perfil: são confiáveis, organizadas, detalhadas, sensíveis, inteligentes e não muito abertas a críticas. Pessoas que possuem essas características na sua personalidade penitenciam-se muito e não se permitem erros a si próprias, e acabam por desistir de conduzir nas primeiras críticas sofridas.

Conduzir bem exige prática

Conduzir é algo que exige prática e o tempo de cada pessoa deve ser respeitado. A carga horária de aulas nas escolas de condução não é suficiente para o motorista recém-formado ter todo o domínio necessário sobre o veículo, e geralmente o aluno sai do Centro de Formação sabendo apenas os princípios básicos, à muito que sou a favor de uma completa remodelação na hora de aprender a conduzir, penso que devíamos adotar o exemplo irlandês, falarei dele futuramente.

O nosso cérebro nos alerta com o medo como forma de nos prevenir de um perigo iminente, portanto ele é benéfico para a nossa sobrevivência, mas quando começa de uma forma exagerada o medo passa a se tornar um problema.

Medo de conduzir

Vencer o medo

  • Tenha autocontrolo e confie em si mesmo
  • Se exercitar com frequência ajuda a diminuir a ansiedade
  • Mantenha sempre contato com o seu carro na garagem
  • Comece ligando o automóvel e faça pequenos percursos para frente e para trás
  • Ande pelo quarteirão, ao se sentir confiante aumente o percurso
  • Não desista, vencer o medo dependerá do seu exercício contínuo
  • Convide um amigo de sua confiança que seja calmo para lhe acompanhar durante um percurso
  • Caso o medo persista indica-se procurar a ajuda de um profissional