O capacete “mágico”

skully - Circula Seguro

Quando o Steve Jobs inventou o computador pessoal tal como o conhecemos e depois o Bill Gates lhe ter roubado a ideia e vende-la mais rapidamente, o mundo pesava que aquilo era o pináculo da evolução humana, mas a invenção do PC (personal computer) foi apenas o isqueiro que acendeu um rastilho que alimentaria centenas de “bombas”, desde telemóveis que passaram a ser smarthphones, tablets, etc.

Em muitos casos a tecnologia foi aproveitada para outros fins menos proveitosos mas felizmente em alguns casos foi para a segurança do ser humano, em inúmeras áreas mas principalmente no que toca a veículos, falamos de airbags, ABS, ESP, ESC, e muitas outras coisas, mas o que lhe apresento hoje é um capacete inteligente, sim já existem muito capacetes com muita tecnologia mas este é o capacete mais inteligente do mundo, o Skully AR-1.

Bem, só pelo nome já parece algo do futuro, mas este capacete está completamente embebido em tecnologia, é atualmente o mais avançado capacete que pode ser comprado. Basicamente o que este capacete faz é juntar grande parte das tecnologias que já existem. Este capacete tem no seu interior tanta tecnologia que deveria ser obrigatório o seu uso para todos os motociclistas.

Tem um funcionamento semelhante ao Google Glass, o Skully incorpora um mini ecrã e que dá ao utilizador todo o tipo de informações úteis. Um ponto em que este capacete se destaca é na existência de uma câmara colocada na parte posterior e que permite ao motociclista ter uma visão de 1.800 sobre o que se passa atrás de si, podendo assim não utilizar os espelhos retrovisores e cobrindo pontos mortos destes, com a vantagem dessa imagem estar constantemente a ser projetada no visor, podendo assim o motociclista concertar-se mais na estrada e como sabemos que as velocidades são geralmente elevadas parece-me que é algo muito bom.

O Skully funciona também como um smartphone, podendo atender chamadas com controlo por voz e aceder a muitas outras funcionalidades, como receber SMSs, ouvir musica ou ter informações de trânsito e ate de navegação, via GPS.

skully 2- Circula Seguro

As possibilidades do Skully vão ser alargadas com os criadores a disponibilizarem uma SDK que vai permitir a criação de aplicações que vão poder interagir com o capacete e com toda a sua electrónica, esperemos que não se lembrem de piratear o capacete e assim podendo torna-lo perigoso para o utilizador.

Melhor do que imaginar toda esta tecnologia é vê-la em ação e é isso que o vídeo abaixo nos mostra. Ali vão poder ver o Skully AR-1 em funcionamento e a forma como os motociclistas vão poder ter acesso a um conjunto alargado de informação útil.

É muita tecnologia mas não sairá barato, o preço está pelos 1400 $, durante uma campanha de 30 dias para que a empresa possa angariar fundos, após esta campanha o preço será de 1.500$.
A sua aceitação é de tal forma que em apenas 4 dias, venderam mais de 4 vezes o valor pretendido. A compra do Skully não tem qualquer limitação geográfica e as primeiras unidades vão começar a ser enviadas em Maio de 2015.

Se estiverem interessados em comprar o Skully podem fazê-lo já neste site, fazendo desde logo parte da primeira entrega e dos primeiros utilizadores desta obra de engenharia.
Esperemos que tecnologia continue a evoluir desta forma para tornar a vida do ser humano mais fácil mas acima de tudo mais segura.

  • Daniel Mauricio de Oliveira

    Ai vc vai olhar pro ‘ecrã’ e não ve a curva. rsrs

    • Sr. Daniel Mauricio, o ecrã deste capacete interfere da mesma forma que um ecrã de um carro, apenas nos distraímos com ele se olharmos directamente, para além de que o ecrã dá para desactivar se o condutor assim o entender.