Os perigos das moto-4 e opções mais seguras

Moto 4 - CS

Todos os anos quando se aproxima um pouco mais de sol, vê-se muitas pessoas as passearem com as suas motas, e brinquedos. Este artigo vem na altura em que as pesquisas sobre este tipo de “brinquedos” na internet aumenta, muitos ponderam a compra de uma moto, ou moto-4 ou mesmo kart, é precisamente nesta altura que começam a fazer pesquisas na internet de modelos usados ou preços, etc.

Este artigo surge para tentar convencer esses, que andam à procura de um veículo para se divertirem ao fim-de-semana, para não o comprarem ou então optarem por opções bem mais seguras.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) registou 119 acidentes de moto-4, entre 2009 e 2013, em Portugal continental, os quais provocaram 31 mortos e 110 feridos graves, segundo dados fornecidos à agência Lusa por aquela força de segurança.

A GNR tem o registo de sete mortes em 2009, cinco em 2010, oito em 2011, seis em 2012 e cinco em 2013, nos 18 distritos do país, perfazendo 31 vítimas mortais assinaladas na sua área de intervenção.

Certamente lembra-se no ano passado de um acidente chocante , quando duas crianças, de cinco e seis anos, uma delas de nacionalidade irlandesa, morreram na sequência de um acidente com moto-4, que ocorreu na povoação de Casal Novo, distrito de Coimbra.

A criança portuguesa morreu no local e outro menino quando já se encontrava no Hospital Pediátrico de Coimbra, dois dias após o despiste da moto-4, que era conduzida por um cidadão de origem britânica.

De acordo com a legislação em vigor, para a condução de moto-4, independentemente da cilindrada, é obrigatório ter pelo menos 16 anos e carta de condução de categoria B (ligeiros) ou B1 (triciclos e motociclos). A GNR alerta para a especificidade deste tipo de veículo e deixa algumas recomendações. “Não efetuar manobras bruscas e perigosas, adequar a condução ao tipo de terreno em que circula, conhecer os limites técnicos do próprio veículo e usar sempre o capacete de proteção”, recomenda a GNR.

Dune-Buggy-ATV-SJ400-7-

Mas existe um veículo igualmente divertido, afinal é isso que se pretende com estes tipos de veículos, e muito mais seguro, estou a falar do kart-cross ou buggy, penso que não há necessidade de sacrificar a segurança apenas para ter um veículo de diversão, se optarem por um kart cross ou buggy têm igualmente a diversão que procuram com a vantagem de que é muito mais seguro. Sabemos que o principal problema das motos de cross e moto-4 é o elevado risco de acidentes vários e capotamento no caso das moto-4 pelo facto de serem altas e estreita e não ter qualquer proteção, o que não acontece no caso dos kart cross ou bugys, todos têm uma estrutura de metal que protege o piloto de eventuais capotamentos, para além  de que a altura é mais baixa e são mais largos diminuindo assim a probabilidade de capotamento e se esta acontecer diminui exponencialmente a probabilidade de lesões graves.

Falemos agora dos preços destes veículos. Sim, são mais caros, mas penso que a segurança não tem um preço, mas se optarem por uma opção usada, o preço e igual ou mesmo mais barato, o problema é que este veículos não são muito habituais em Portugal, logo torna-se difícil de os encontrar, mas se procurar um pouco encontra soluções muitos boas.

Diga-nos a sua opinião, prefere moto-4 ou kart cross, se comprou moto-4 diga-nos o porquê da sua escolha em detrimento de outras opções.  

ATV driver