Qual o melhor equipamento para um motociclista no verão?

equipamento

Com a chegada do verão, começa o bom tempo e vem as férias, um momento perfeito para sair de moto e desfrutar da sua grande paixão. Mas ele vem acompanhado de um calor sufocante e, em conjunto, a problemática sobre o correto equipamento a escolher para circular cómodo e seguro.

No verão, a roupa habitual para a moto é incómoda e quente, pelo que é muito comum ver motociclistas a circular com manga curta e sandálias, algo que até em trajetos curtos pode ser fatal. As condições da estrada não são muito diferentes em cada época do ano e muitos acidentes acontecem por escorregar na gravilha ou por despiste, também a velocidades reduzidas, e estar bem equipado pode salvá-lo de um grave contratempo caso não esteja bem equipado.

O seu corpo é a sua carroçaria

Sem qualquer dúvida, o motociclista está mais exposto às inclemências do tempo do que o resto dos utilizadores da estrada, mas também está mais vulnerável do que eles. Em caso de colisão e acidente, a moto pode ser projetada, deixando o seu corpo exposto ao alcatrão, pelo que é sempre importante circular sempre com o equipamento adequado. 60% das lesões por abrasão em motociclistas acontece nos meses de verão, porque é quando, irresponsavelmente, estes viajam mais desprotegidos.

equipamento

Sem capacete, em manga curta e sem luvas. Um bom exemplo que não deve fazer

Braços, mãos, pés e pernas costumam ser as zonas mais afetadas por queimaduras ou feridas, pelo que ponha de parte a ideia de andar de moto de chinelos, tacões, em manga curta ou calças fininhas.

Desfrute da estrada com total proteção

A estrada é a mesma no verão e no inverno, o alcatrão não distingue estações em caso de acidente, pelo que não dê o calor como desculpa. Então, que equipamento é imprescindível para circular de moto no verão? Pois, basicamente o mesmo que durante o resto do ano, ainda que um pouco adaptado.

Capacete e luvas

O capacete é um elemento fundamental e devemos levá-lo sempre, sabendo desde logo que existem capacetes adaptados e especiais para o verão, sejam eles integrais ou modulares (mais incómodos), que permitem uma maior ventilação da cabeça, com a abertura dos seus sistemas de ventilação. É recomendável retirar a parte de baixo para permitir a entrada de um fluxo de ar maior, sem ter a segurança reduzida.

Por seu turno, as luvas de verão são fabricadas em materiais adaptados às condições climatéricas, com grandes zonas perfuradas que permitem a entrada de ar fresco através do têxtil, sem afetar a segurança. São mais leves e estão mais ventiladas, além de não renunciarem às proteções nas zonas devidas dos dedos, fundamental para garantir a aderência e evitar deslizamentos da mão em caso de queda. Segundo o tipo de luva, e para reduzir os problemas de suor, muitas possuem dedos e palma antideslizantes para poder controlar bem o punho, sem que este escorregue.

equipamento

Casaco

Nunca prescinda dele, muito menos no verão. Hoje em dia há cada vez mais modelos ventilados e adaptados a condições de calor elevado. Circular de manga curta é não só um risco para o utilizador, pelas graves consequências em caso de queda, e já não se pode dizer que exista uma grande diferença térmica ao utilizar um casaco de verão.

Existem casacos finos e leves que têm várias zonas perfuradas para uma maior entrada de ar, com proteções obrigatórias e partes em couro e pele nas áreas suscetíveis de se romperem, como são os ombros, os cotovelos e as costas. A grande maioria já conta com diversas capas interiores que são facilmente extraídas, e de tipo impermeável, para condições de chuva ou caso tempo refresque. Desta forma, os casacos de verão podem ampliar o seu tempo de uso para a primavera e para o outono, em função das camadas que decida juntar ou retirar com um simples fecho ou botão.

equipamento

Calças e calçado

Há diferentes versões, desde o mais casual, ou calças de ganga de moto, até aos mais desportivos. Os primeiros são mais formais e adaptados para a circulação urbana, pois passam despercebidos como roupa do dia-a-dia, sem deixar de lado a segurança, comodidade e proteção. Possuem protetores de joelhos e ancas facilmente extraíveis para poder caminhar com eles na cidade, assim como zonas elásticas nos joelhos e zona traseira que os tornam mais adaptáveis e flexíveis que as calças clássicas de inverno. A ganga é algo diferente da que habitualmente conhecemos, mas camufla muito bem o efeito desportivo de estrada. Na parte de trás têm uma área em kevlar, que protege toda a zona baixa da coluna, mesmo atrás das coxas, com diferentes espessuras de 1 a 2,5mm e materiais como o carbono ou a fibra de vidro.

Por outro lado, podemos usar calças de verão, tal como os elementos anteriores, que têm zonas perfuradas suscetíveis de ventilação, assim como forras impermeáveis e corta-vento, ajustes de perna para fechar a parte de baixo em torno do sapato e proteções tal como o modelo anterior.

As botas podem também ser mais casuais, algo recomendável para trajetos urbanos, pois não só são perfeitos para andar de moto, mas também possuem um desenho simples que simula o efeito de sapatos de rua. Também há modelos de cano alto para trajetos interurbanos, um pouco mais aerodinâmicos e sólidos, ainda que em ambos casos tenham reforço no calcanhar, tornozelo e ponta do pé, assim como têxtil reforçado para melhorar a ventilação e entrada de ar.

equipamento

Conselhos para não passar calor na moto

  • A utilização de equipamento de verão vai permitir-lhe combater o calor graças às aberturas que ajudam a mitigar a sensação de sufoco, sem deixar a segurança de lado.
  • Manter sempre abertas as entradas de ar do capacete.
  • Molhar a roupa com água vai permitir que se refresque, ainda que o uso de uma toalha húmida no pescoço possa eliminar a sensação de exaustão.
  • Hidrate-se em qualquer momento com paragens para beber e recuperar líquidos.
  • Faça paragens no caminho para tirar o cashaco e permitir que o ar percorra o seu corpo.
  • Prepare a moto para as altas temperaturas, pois já por si é uma importante fonte de calor. Reveja os níveis do líquido refrigerante, a ventilação da carenagem e procure estacionar em lugares à sombra ou em garagens.

Imagens | iStock fotojog JohanJK Kesu01 dusanpetkovic opolja

Fonte: CirculaSeguro.com