Estacionar com moderação e respeito pelos outros exige-se

Estacione com moderação

O estacionamento de um veículo pode ser efectuado na faixa de rodagem ou na berma da via pública, mas também em parques próprios para o efeito. Quando o fazemos, seja por uma breve necessidade ou por tempo indeterminado, devemos sempre ter presente que estacionar o nosso veículo deve ser uma manobra que respeite os demais utilizadores da via.

O facto de imobilizarmos o nosso automóvel ou motociclo para o deixarmos por alguns momentos, não pode passar apenas disso mesmo; deixá-lo por alguns momentos. Quando procedemos a essa manobra deveremos verificar se o local onde o pretendemos fazer é o mais adequado ao efeito.

 Escolher o local e estacionar correctamente

Muitos são os locais onde poderemos estacionar o nosso veículo, seja ele automóvel ou motociclo. No entanto, muitos também são os locais onde o não poderemos fazer, uma vez que tal, ou é proibido por legislação ou pode condicionar os demais utentes.

Sabendo-se que existe sanção para quem procede de forma errada ao estacionamento do seu veículo, muitos são os condutores que simplesmente o ignoram, insistindo em prevaricar. Essa prevaricação não os torna, essencialmente, mais cívicos, respeitadores de direitos alheios.

Quando escolhemos um local para estacionar o nosso veículo, devemos perceber que esse local deve ter a dimensão adequada ao nosso veículo, deve permitir que outros veículos se manobrem com facilidade (motos entre automóveis estacionados é de evitar), facilitar o fácil acesso de pessoas ao interior de propriedades, utilização de apenas um espaço demarcado no pavimento, etc…

Sempre que possível, devemos estacionar em parques de estacionamento próprios para o efeito. Desta forma retiramos o nosso veículo da via pública, diminuindo a ocupação de um espaço que muitas vezes é bastante limitado. Se o estacionamento for efectuado fora de localidade, utilizando a berma.

Não nos devemos esquecer que esse deve ser efectuado totalmente fora da faixa de rodagem e ainda que jamais deve obrigar que os peões a tenham de usar para vencer o obstáculo que é causado pela nossa viatura naquele lugar. Se tal acontecer, deve o condutor seguir caminho até encontrar o local mais propício para o efeito.

Foto¦ Marcelo Braga