Festejos de rua que colocam em risco a segurança rodoviária

Festejos de rua e a segurança rodoviária

Em qualquer parte do Planeta, o futebol move milhares de pessoas. A cada vitória de uma equipa, os seus adeptos realizam festejos exuberantes, por vezes, em demasia e não enquadrados com a segurança rodoviária, principalmente direccionada a peões, que se deseja.

A euforia consome os adeptos, ao longo dos festejos, e estes saem para a rua sem o cuidado necessário à sua envolvência. Uma mescla de peões e viaturas acontece e os festejos tornam-se numa amalgama de euforia e adrenalina cegas e incontroláveis.

Cuidados nos festejos de rua

Sabendo-se que ao longo de um campeonato de futebol os festejos são muitos, das mais diversas equipas, e que no final esses mesmos festejos aumentam consideravelmente, sabe-se também que o número de pessoas que vêm para a rua também aumenta em proporção .

Com os festejos vem a euforia e o cuidado, concentração e discernimento rodoviário baixa exponencialmente, levando a que os intervenientes fiquem mais expostos ao risco e ao acidente. Lamentavelmente, depois, surgem as estatísticas da sinistralidade rodoviária por atropelamento.

Sabendo-se da dificuldade que existe em controlar os ânimos dos adeptos, assim como a invasão da faixa de rodagem, torna-se também difícil garantir que o erro rodoviário não venha a dar-se e daí resultar o atropelamento.

Uma vez que assim é, deseja-se que cada um, individualmente, tenha a máxima atenção nos festejos que realiza e garanta uma segurança rodoviária a si e aos seus.

Foto¦ Blog 4-3-3