O que é a distância de travagem?

 

Será que a distância de travagem é a mesma coisa que a distância de segurança? Não é. Sabe a diferença entre os dois conceitos? O Circula Seguro vai explicar-lhe a diferença.

Uma permite parar em segurança a outra não. Existe mais um pormenor que baralha estas contas, sabe qual? Não é a velocidade, apesar de ser um fator preponderante nos cálculos, mas não é o fator em falta. Descubra qual é.

Diferença entre distância de travagem e de segurança

A distância de travagem é a distância percorrida pelo veículo, desde o local em que é acionado o pedal do travão, até ao local onde este se imobiliza. A distância de segurança é a distância de travagem somada à distância percorrida após a reação do condutor. Este é o fator diferenciador.

Por exemplo, se seguir atrás de um veículo com as luzes de travão fundidas e estiver a partir do pressuposto que estas funcionam, estará à espera que as luzes acendam antes do veículo se imobilizar. Isto não vai acontecer. Só irá iniciar o seu processo de reação mais tarde, quando se apercebe da perda de velocidade do outro veículo.

Iniciando efetivamente a travagem. A distância de reação é a distância percorrida pelo veículo desde que o condutor se apercebe do perigo, ou obstáculo, até reagir. Esta demora é influenciada pela velocidade, quanto maior a velocidade maior será a distância percorrida.

Assim, podemos perceber que a distância de travagem é inferior ao valor obtido quando calculamos a distância de segurança necessária. Esquematicamente, para conseguir calcular a distância de travagem é necessário contabilizar diversos fatores, conheça-os abaixo.

Fatores influenciadores da distancia de travagem

Os principais valores são a velocidade do veículo e a sua massa. Este conjunto representa a energia cinética que o veículo tem num determinado momento. A velocidade irá influenciar negativamente esta operação, levando à necessidade de maior espaço.

Existe ainda influencia de outros elementos no cálculo da distância de travagem. Por exemplo, qual o atrito entre os pneus e estrada e qual a eficácia dos travões. Tudo somado, irá realizar a operação de travagem. Caso pretenda saber a matemática por detrás da distância de segurança pode consultá-la aqui.

Analiticamente, a distância de travagem é influenciada por estes fatores:
Velocidade – quanto maior a velocidade, maior a distância percorrida;
Piso – Se for de paralelos, de gravilha ou terra necessitará de maior distância que fosse de alcatrão;
Estado da Via – se a via tiver óleo ou outro fator que diminua a aderência a distância percorrida será maior;
Estado do Veículo – se os travões estiverem em mau estado ou se os pneus não possuírem o relevo suficiente maior será a distância percorrida;
Declive da Via – quanto mais íngreme for a descida maior será a distância percorrida, se for no sentido oposto, a subir, necessitará de menos espaço;
Condições Ambientais – se o piso estiver molhado a distância de paragem aumenta, caso esteja neve ou gelo, aumenta ainda mais e a probabilidade de perda total de controlo é elevada;

Tempo de reação

Apesar de não ser o tema de hoje merece uma rápida abordagem só para perceber o que influencia este fator. Como já foi falado acima, o tempo de reação é o tempo que o condutor demora a reagir a um perigo ou obstáculo.

O corpo, de forma sucinta, reage da seguinte forma, os olhos vêem, o cérebro interpreta como sendo necessário agir e envia uma ordem para os músculos, o pé inicia então a ação de travagem. O tempo de reação nunca diminui, apenas pode aumentar devido aos fatores indicados em baixo.

O que pode diminuir é a distância de reação bastando para isso reduzir a velocidade. Sempre que o tempo de reação aumentar a distância de reação também aumenta. O tempo de reação é influenciado por tudo o que afeta o condutor, como por exemplo:
Sonolência;
Fadiga;
Idade;
Álcool;
Drogas;
Medicamentos;
Condição física;
Estado psicológico do condutor;

Resumindo, como condutores temos de estar continuadamente cientes de que devemos regular a velocidade em função das caraterísticas intrínsecas do veículo, do estado da via, da massa do mesmo e da carga transportada.

Fotos | Wiki, MaxPixel