Porto é Capital Jovem da Segurança Rodoviária 2017

A Área Metropolitana do Porto foi a escolhida para a 5ª Capital Jovem da Segurança Rodoviária. Porto, Vila Nova de Gaia, Maia, Matosinhos e Póvoa de Varzim são as cidades onde tudo acontece.

Depois de Leiria (em 2016), Aveiro (em 2015), Braga (em 2014) e Coimbra (em 2013), a cidade do Porto foi designada a “Capital Jovem da Segurança Rodoviária” para este ano de 2017.  Debaixo deste título estão previstas várias ações e atividades viradas para a educação e prevenção rodoviária, as quais têm como enfoque os jovens e, em especial, os jovens da Área Metropolitana do Porto: a sinistralidade rodoviária é a principal causa de morte entre os jovens com idades entre os 18 e os 24 anos.

O programa de atividades desenvolve-se ao longo de 2017. Porto, Vila Nova de Gaia, Maia, Matosinhos e Póvoa de Varzim são as cidades onde tudo acontece.

“As atividades de Porto Capital Jovem da Segurança Rodoviária dedicam-se prioritariamente às crianças e jovens da Área Metropolitana do Porto, dinamizadas pelas escolas básicas e secundárias, bem como pelas instituições de ensino superior. Pretende-se chegar também às famílias e a toda a comunidade, através e com os jovens”, explicam os organizadores.

Os eventos, que visam mobilizar a opinião pública para a segurança rodoviária, são vastos e multifacetados, abrangendo concursos, demonstração de simuladores e de socorrismo, aulas de condução, simulacros de intervenção em acidentes rodoviários, workshops, sensibilização para o não consumo de álcool por quem conduz, passatempos, e muitas mais ações.

Eis algumas das principais atividades que serão realizadas:

As crianças na estrada

Será simulado o ambiente rodoviário com o propósito de que as crianças e adultos possam ter a perceção dos cuidados a ter na rua: atravessar corretamente a via, viajar no automóvel nos bancos traseiros e com a devida cadeirinha e cinto de segurança, recuperar uma bola que vai para a estrada e variação do campo de visão mediante a altura da criança, são alguns dos temas que serão postos em prática.

A primeira aula de condução

Será ainda proporcionada uma primeira experiência de condução de 15 minutos, onde os jovens irão adquirir as noções básicas que mais tarde vão contribuir para se tornarem condutores mais responsáveis e atentos.

Livro para o Plano Nacional de Leitura

Este projeto prevê também o lançamento de um livro, “De mãos dadas com a segurança”, uma história da autoria do piloto Renato Pita escrita por Isabel Zambujal, e que assenta numa mensagem de segurança rodoviária.

“Com este livro, que irá integrar o Plano Nacional de Leitura, iremos reforçar a nossa mensagem sobre comportamentos e regras de trânsito junto daqueles que serão, num futuro próximo, os utilizadores das estradas, mas que são já hoje peões e passageiros nos veículos dos seus familiares”, sublinha Renato Pita.

Para conhecer o programa completo, temos aqui em baixo esta imagem. Sugerimos que clique em cima da imagem, pois ela ficará em formato de maior qualidade e com leitura, podendo fazer o necessário zoom.

A apresentação do programa decorreu no salão nobre da reitoria da Universidade do Porto, já que esta faculdade é um dos parceiros do “Porto Capital Jovem da Segurança Rodoviária”. Nessa ocasião, Sebastião Feyo de Azevedo, reitor da Universidade do Porto, sublinhou que “é vital para o nosso desenvolvimento esta capacidade de intervir e promover a melhoria comportamental. Há uma necessidade de promover a autodisciplina, melhorar a nossa organização, promover o respeito pelo próximo. Tudo isso passa por esta grande questão da segurança rodoviária”.

Carlos Barbosa, presidente do ACP, considera esta uma causa que exige esforço e é de maior importância para a educação. Já a vereadora Maria Elisa Cidade, da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, destacou o facto de ser “pela educação que se muda o mundo e é através dos jovens que muitos dos problemas podem ser resolvidos”.

O “Porto Capital Jovem da Segurança Rodoviária ” é uma iniciativa conjunta da Forum Estudante, ACP (Automóvel Club de Portugal), BP Portugal, Brisa, câmaras municipais do Porto, Gaia, Maia, Matosinhos e Póvoa de Varzim, Universidade do Porto, Politécnico do Porto, Universidade Católica do Porto e Universidade Portucalense. A Volvo e Auto Sueco Automóveis são as marcas oficiais do evento, cedendo algumas viaturas oficiais à organização.