Verão também é prevenção rodoviária

Prevenção rodoviária

Quando falamos em sinistralidade rodoviária, normalmente olhamos apenas para os números e tendencialmente comparamo-los com os anos antecedentes. Tal deve-se ao facto de haver a necessidade de apresentarmos números abaixo dos que se registaram em anos anteriores. deste modo podemos justificar aos nossos parceiros europeus que estamos a trabalhar e a caminhar no bom sentido.

Internamente existe quem realmente se preocupe com a real diminuição da taxa de sinistralidade rodoviária e suas nefastas consequências. Para tal vai, até dia 18 de Agosto, a FUNDAÇÃO MAPFRE desenvolver uma ação de formação/ sensibilização  a jovens e adultos, que passa pela apresentação de um parque multi-exprimental composto por quatro áreas , que cada participante poderá experimentar de modo sequencial.

Teste de alcoolémia

A primeira área passa pela realização de um teste de alcoolémia, onde, mediante a taxa apresentada, será atribuída ao participante uma pulseira que o vai diferenciar entre três estados. A saber:

Eu sou o Comandante – 0,o g/l no testes

Estou no limite – 0,49 g/l no teste

Vou à pendura – 0,5 g/l ou mais no teste.

Simulador de capotamento

Apenas os participantes que apresentem uma taxa inferior a 0,5 g/l no teste de alcoolémia, podem assumir o volante do automóvel que se encontra disponível para o teste de capotamento. Trata-se na verdade de um automóvel que se encontra sobre um reboque e preso a um eixo. Este automóvel é rodado 360º, dando a noção real aos participantes do que se sente num capotamento, mas também da correta utilização dos sistemas de retenção (cinto de segurança e cadeiras)

Simulador de colisão

Com o simulador de colisão, que pode ser utilizado por adultos e crianças, pretende-se transmitir a noção da dinâmica que sofre o corpo humano numa desaceleração num embate frontal a uma velocidade de 10 km/h. deste modo, podem os participantes perceber das nefastas consequências que podem advir de um embate a uma velocidade de 50 km/h ou mais.

Percurso em pista

Por fim, é solicitado a cada participante que desenvolva, utilizando um triciclo e uns óculos que simulam o estado de alcoolemia, um percurso. Ao fazê-lo, o participante terá consciência , sóbrio, da dificuldade que se tem em controlar um veículo quando se conduz com uma taxa de álcool superior a 0,5 g/l.

As cidades contempladas com a passagem desta ação de formação/ sensibilização são, Cascais, Costa da Caparica, Setúbal, Portimão, Faro, Aveiro e Figueira da Foz. Mantenha-se atento, participe e faça boa viagem.