“Operação Natal Tranquilo 2015”, os números registados.

Operação Natal Tranquilo 2915

À imagem com o que vem sido desenvolvido nos últimos anos e em ocasiões especiais, também este ano a Guarda Nacional Republicana – GNR, colocou no terreno mais uma operação de fiscalização, controlo e orientação rodoviária, cujo nome apelativo foi “Operação Natal Tranquilo 2015”.

Pretende-se, com este tipo de intervenções, que as deslocações de milhares de viaturas e pessoas se façam com grande segurança, diminuindo desta feita o número de acidentes rodoviários e as suas inerentes consequências, feridos leves, graves e as mortes associadas.

Mais vale prevenir do que remediar

A “Operação Natal Tranquilo 2015″, tal como vem ocorrido em outras fases do ano, levou para o terreno um número elevado de militares da Guarda Nacional republicana que, entre a meia-noite do dia 24 até ao último minuto do dia 27, patrulharam as estradas portuguesas, fiscalizando e auxiliando os condutores que nelas se deslocavam.

Sem informar do contingente que esteve nas estradas, com a devida antecedência os responsáveis desta força de segurança vieram informar que iriam estar atentos a diversos pontos de transgressão, nomeadamente ao excesso de velocidade, condução sem habilitação, condução sob efeito de álcool ou substância psicotrópicas, não utilização ou utilização de forma incorrecta do cinto de segurança, uso do telemóvel, entre outras.

Uma vez que a deslocação de pessoas, durante o período em que decorreu a “Operação Natal Tranquilo 2015”, foi elevada, e tendo em conta os números registados na “Operação Natal Tranquilo 2014”, a GNR optou por se mostrar nas estradas, para que os condutores adequassem o seu comportamento rodoviário.

Ainda assim, foram registados, ao longo da “Operação Natal Seguro 2015“,    589 acidente rodoviários,     187 feridos leves,     19 feridos graves e   7 mortos.

Foto¦ Sábado