Aplicação leva Via Verde aos transportes públicos


Tal como acontece nas portagens, a Via Verde vai poder ser usada na Carris, no Metro e na Transtejo, através do smartphone. E há descontos para os utilizadores frequentes!


É uma solução inovadora, que permite viajar e pagar títulos de transporte em função da utilização efetuada. A plataforma, que já estava em testes na Fertagus, alarga o conceito a outros transportes públicos de Lisboa e promete agilizar a mobilidade urbana da cidade.

O sistema funciona com uma aplicação que é instalada no smartphone e que interage através do bluetooth com os equipamentos de validação, calculando automaticamente a melhor tarifa a aplicar.

Depois de instalada a aplicação, o utilizador só precisa de se registar e criar ou utilizar uma conta Via Verde já existente. Para viajar bastará aproximar o smartphone (Android ou iOS) do validador no local de partida (check-in) e no local de chegada (checkout).  A comunicação entre aparelhos é realizada através da tecnologia Zabeacon, que foi desenvolvida para este projeto.

O sistema de pagamento tem por base a lógica “Smart-Pay-As-You-Go“,  que atribui a tarifa mais vantajosa ao percurso que o cliente faz, proporcionando otimizações de preço com o aumento das utilizações, sempre de acordo  com as regras dos operadores.

O cliente pode ainda optar pelo passe mensal, que fica automaticamente disponível. As viagens são cobradas após utilização e à melhor tarifa através da conta Via Verde.

Vai também ser possível planear e comprar viagens em interação com o operador de transportes, estando ainda previsto que se  possa associar contas, para pagar, por exemplo, viagens de famílias, nomeadamente dos filhos.

No futuro será possível planear a viagem, identificando o ponto de origem e o de destino, avaliando as opções de transportes disponíveis, os horários e dando oportunidade ao  cliente de escolher o que prefere em termos de preço e de tempo de percurso.

A parceria junta a experiência operacional da Carris, do Metro e da Transtejo às competências tecnológicas da Novabase, com a cobrança eletrónica da Via Verde, em parceria com a SIBS.