Regras para andar de bicicleta que os mais novos devem conhecer

As bicicletas são cada vez mais populares. Há algumas regras que os mais pequenos devem seguir quando circulam pela estrada.

Andar de bicicleta é divertido e saudável, mas é preciso cumprir algumas regras para evitar acidentes. Neste artigo direcionado para os mais novos, apoiamo-nos num manual elaborado pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) que aponta algumas regras para se andar de bicicleta em segurança que as crianças devem conhecer, numa altura em que as aulas já começaram.

Horas e trajetos seguros

Assim, as crianças devem escolher, sempre que possível, trajetos e horas seguras para pedalar, evitando as vias de maior tráfego ou quando a visibilidade é menor.

Velocidade adequada

A velocidade a que os mais pequenos circulam deve ser adequada ao piso e ao local. Na estrada, é possível pedalar lado a lado, mas nunca mais de duas bicicletas, e deve ainda circular-se pela direita.

Brincadeiras arriscadas

Para que as crianças estejam sempre em segurança, é fulcral transmitir a mensagem de que há que evitar brincadeiras e comportamentos arriscados, tal como tirar as mãos do guiador ou fazer-se rebocar.

Sinalizar manobras

Quem anda de bicicleta deve igualmente sinalizar todas as manobras (reduzir a velocidade; parar; voltar para a esquerda/direita; ultrapassar) para que os outros conheçam a intenção do ciclista e não sejam apanhados desprevenidos. Outra regra de ouro é a manutenção de distâncias seguras dos veículos da frente e dos lados.

Dispositivos de segurança

O uso de dispositivos de segurança (capacete, luvas, joelheiras e cotoveleiras) é essencial para a proteção. Não menos importante é a iluminação, principalmente à noite.

Faixas refletoras

Se as crianças também usarem roupas claras com faixas refletoras estarão a fazer com que os outros os vejam com mais facilidade, prevenindo assim eventuais problemas.

Bicicleta em segurança

É muito importante que a bicicleta esteja igualmente em bom estado de conservação pneus, travões, altura do selim e guiador, iluminação, etc.) e garantir que tudo está em perfeitas condições antes de pedalarmos.

Exemplo dos adultos

Em relação a estas regras, cabe aos adultos, pais e encarregados de educação transmitir aos mais novos essa cultura de segurança e de correto comportamento rodoviário, sendo que essa passagem de conhecimentos vem, muitas vezes, com o próprio exemplo.