Sabe evitar um obstáculo na estrada em segurança?

20110514192800

Os acidentes de carro são um perigo constante, quem circula diariamente tem noção deste facto. Para evitar que os acidentes o envolvam, é essencial ter atenção a três importantes factores: a direção do condutor, o estado em que se encontra o automóvel e o foco de quem o conduz. Ao controlar estes três pontos, o risco de acidente diminui consideravelmente mantendo-o a si, e a todos os passageiros em segurança na estrada. Uma das causas de acidentes rodoviários com alguma gravidade é o desvio brusco de obstáculos na estrada.  Sabe como evitar estas situações?

Continue a ler este artigo e descubra como prevenir estas situações.

Para conduzir de forma segura e evitar este tipo de acidentes, é essencial manter uma condução defensiva. Se não está familiarizado com a expressão veja aqui o que é.

Usar sempre o cinto de segurança é uma regra essencial para que fique protegido. Em caso de acidente, o cinto de segurança poderá salvar a sua vida e nunca deve ser desprezado, seja em que momento for.

Uma medida que poucos condutores praticam e que é uma das melhores técnicas para evitar acidentes é o uso da distância de segurança.  Esta  define-se como a distância necessária para imobilizar o seu veículo, em segurança, evitando colidir com o obstáculo á sua frente. Este conselho é particularmente importante em momentos de trânsito intenso.

Coloque as duas mãos no volante enquanto conduz. Esta ação permite que  tenha mais controlo sobre o carro em caso de emergência.

Evite distrações! Falar ao telemóvel, enviar mensagens, comer ou trocar de música são hábitos que podem provocar acidentes graves. Dois segundos bastam para que  bata em algum obstáculo na estrada ou noutro carro.

 

Tudo isto são formas para preparar o condutor caso seja necessário fazer uma mudança brusca de direção, ou contornar um obstáculo, principalmente, estar atento é meio caminho andado para que essa ação brusca não provoque um acidente. Ainda assim em muitos casos, o aparecimento do obstáculo é demasiado repentino. Nessas situações e, em caso de trânsito (principalmente), é sempre preferível que trave completamente a fundo. Poderá sempre bater no carro da frente ou no obstáculo mas fazer um desvio repentino da trajetória do carro pode provocar um despiste e daí resultar um sinistro mais grave.