Maior vigilância nas estradas portuguesas

Maior vigilância nas estradas portuguesas

Aumentou a vigilância nas estradas portuguesas. Com a renovação da frota da Guarda Nacional Republicana, a instituição de vigilância e fiscalização aumenta, desse modo, a sua presença na fiscalização e acompanhamento dos condutores.

Com esta renovação da frota da Guarda Nacional Republicana e da Polícia de Segurança Pública, pretende o Governo, através do Ministério da Administração Interna, desenvolver uma estratégia de acompanhamento e vigilância capaz de diminuir a taxa de sinistralidade rodoviária.

Viaturas identificadas, mas discretas

As novas viaturas entregues á GNR, apesar de estarem identificadas, são bastante discretas, passando despercebidas no meio do tráfego. Desta forma poderá ser efectuada uma melhor avaliação dos comportamentos dos condutores, não podendo estes últimos alegar caça à multa de viaturas descaracterizadas, ainda que estas continuem a circular.

No entanto, mais uma vez o Governo falhou na essência da questão, visto não reforçar a aposta na formação de atitudes e comportamentos dos cidadãos, actuais ou futuros condutores. Se a fiscalização é necessária, a formação é eficaz.

Com esta aposta na renovação a ser efectuada muito próximo do final do ano civil, ocasião de duas fases festivas que acarretam muito movimento nas estradas portuguesas, anseia-se que a taxa de sinistralidade diminua, efectivamente, diminuindo dessa forma as consequências nefastas.

Foto¦ Autoportal