Quem pode conduzir um veículo de bombeiros?

vuci_vianas_baltar_3

São muitos os que sonham em conduzir um veículo de bombeiros, seja no combate a incêndios, seja no campo da saúde. Anseiam-no, pois estão pensam que ao fazê-lo podem desrespeitar as normas inerentes ao código da estrada.

No entanto, tal não é verdade, uma vez que, também eles, os condutores dos veículos ao serviço das corporações de bombeiros, estão obrigados ao respeito e cumprimento das normas do código da estrada, salvo quando esse desrespeito seja uma força maior e não condicione a segurança dos demais utilizadores da via publica.

Que requisitos necessito para poder conduzir um veículo de bombeiros?

Quem quiser ser condutor de um veículo de uma corporação de bombeiros deve saber que há requisitos a respeitar; e o primeiro prende-se, inevitavelmente, com a postura social que esse candidato deve ter, ou seja, a sua forma de estar perante a sociedade em geral.

No entanto, não é apenas o comportamento social que está em avaliação quando se atribui a responsabilidade de conduzir uma viatura destas caraterísticas; muito mais está em causa.

Em primeiro lugar a pessoa candidata à condução de uma viatura dos bombeiros deve ser encartada com a categoria a que se propõe a conduzir; esqueça o mito de que se pode conduzir um veículo de categoria diferente daquela de que se é titular, no caso do comandante autorizar.

Depois, existe a questão de avaliação médica. Para se poder conduzir uma viatura de bombeiros, o titular da carta de condução deve ter averbado nela “grupo 2“, ou seja, a capacidade psico-física atestada por um médico credenciado para tal.

De seguida será sempre necessário que o comandante da corporação permita a condução do veículo, o que nem sempre acontece, não porque não haja no indivíduo os requisitos técnicos, mas porque essa pessoa não é detentor de um determinado requisito social.