QR Code chega às cartas verdes

 

Chama-se e-SEGURNET e pretende facilitar o preenchimento das participações de sinistros automóveis, através de um QR Code introduzido na parte lateral esquerda das Cartas Verdes.

Os segurados podem aceder à informação relacionada com o veículo e respetivo seguro automóvel: dados da apólice, do veículo, do tomador de seguro e ainda dados do condutor habitual. Além disso, podem tirar partido das funcionalidades do seu próprio smartphone, como a geolocalização ou a utilização de fotos.

Tão simples como abrir a aplicação e apontar a câmara do telemóvel para o QR Code. A informação é imediatamente transferida, tornando o processo de participação de sinistros automóveis mais rápido e menos passível de erros no preenchimento. Trata-se de uma alternativa à tradicional declaração amigável, que permite uma comunicação mais célere, sem deslocações ou entregas em papel.

Se houver mais do que um interveniente no acidente que tenha a aplicação, a participação deve ser preenchida num único dispositivo, utilizando um QR Code gerado pela aplicação dos restantes, que permite partilhar informação pré-preenchida dos intervenientes e dos seus veículos para o dispositivo onde a participação está a ser efetuada.

Deve sempre validar as informações inseridas pelos outros intervenientes através de um resumo da participação que é apresentado no ecrã e enviado para cada uma das partes por sms e por e-mail, antes da assinatura da participação. Para já, em Portugal apenas uma seguradora aderiu ao QR Code, tendo já adaptado as Cartas Verdes a esta inovação. Muito provavelmente, muito em breve todas as outras seguirão o mesmo exemplo.