Sinais escondidos com rabo de fora

Sinal escondido com rabo de fora

As normas de circulação rodoviária são claras, dentro dos possíveis, e capazes de fazer com que o tráfego automóvel se desenrole com alguma tranquilidade e segurança. Se tudo decorrer de acordo com o projectado, salvo algumas situações pontuais, a fluidez acontece.

No entanto, sabendo-se que nada é perfeito, escrito e aprovado por gente imperfeita e fiscalizado por entidades, também elas, não perfeitas, existem sinais que nos dão verdadeiras evidencias de que nada ocorre como é inicialmente projectado.

Sinais invisíveis ou de difícil visualização

Muitas são as situações onde os condutores são confrontados com sinais de trânsito escondidos numa vegetação selvagem que não está sujeita a uma manutenção contínua e eficaz, proporcionante de boa leitura, afim de garantir a segurança rodoviária que se deseja.

Outras são as vezes em que os sinais se escondem por entre os galhos e rama das árvores que estão plantadas em locais públicos, mas também estas sem a devida manutenção que se deseja de algo público.

O problema não está no facto de não haver manutenção nas ervas ou árvores, mas sim o facto destas obstruírem a capacidade dos condutores perceberem que eventual prescrição ali está imposta e à qual poderá, eventualmente, o condutor não respeitar, com consequências incalculáveis.

Sinais com rabo de fora