Pneu suplente: kit anti-furo, run flat ou emergência, qual o melhor?

A situação pode ser muito aborrecida. Vai de viagem e fura um pneu. Sabe que tipo de pneu suplente tem na bagageira do carro para remediar esta situação? Apesar dos furos acontecerem cada vez com menos frequência, sucedem e dão dores de cabeça. Assim, se vai comprar carro novo, não se esqueça de perguntar pelo pneu suplente para tentar perceber qual é o que lhe calhou em sorte.
Ler mais…

Ano novo, carro novo

 

O processo de comprar um carro novo mudou. Simplesmente não é o que costumava ser. Já se foram os dias de fidelidade à marca, seleção limitada e negociações de preços difíceis e excessivas. Hoje em dia, os consumidores procuram um meio de transporte que os leve do ponto A ao ponto B. Mas nesta época todos querem algo de novo para iniciar o ano, por isso, ano novo, carro novo!

Os novos compradores concentram-se na confiabilidade do carro, em vez de valorizar tanto a marca. Sabem o modelo exato que atende às necessidades de suas famílias (quase sempre), e sabem exatamente quanto o carro irá custar. Incluindo todas as opções selecionadas. É seguro dizer que o momento do impulso de compra do carro transformou-se por completo, estando agora atrás dum ecrã e não no concessionário da marca escolhida.
Ler mais…

Experimente por um dia

01

 

A chegada dum novo ano é uma oportunidade para mudar algumas coisas no estilo de vida de cada um. Há imensas resoluções previsíveis, algumas podem se chamar de comuns, mas todas são válidas. O que não significa que sejam fáceis de manter ao longo do ano. O objetivo deverá ser realista e exequível.

Mudar algo no nosso estilo de vida, ou forma de agir, não é fácil, sendo necessário mais que o mero incentivo. Até ao nível da segurança rodoviária é necessária perseverança para não perder o foco, rumo ao objetivo estabelecido. Mas podemos simplificar a forma de obter o que pretendemos. Experimente por um dia. Ler mais…

Cinto: o que confirmar para o correto funcionamento?

cinto

O cinto é um dos grandes aliados da nossa segurança rodoviária. É composto por um tecido sólido e fica colocado no peito, na diagonal, e na cintura, de forma a reter os ocupantes do veículo no seu banco em caso de acidente. Apesar de não ser elástico é extensível, permitealguma folga para absorção do choque. Por isso, é importante o seu correto funcionamento, sendo uma das verificações feitas por ocasião da inspeção.

Ler mais…