Estes são os carros mais seguros

A Euro NCAP é uma entidade que realiza testes de colisão em novos veículos. Os resultados são analisados e são elaboradas classificações de segurança. Estas classificações fornecem aos potenciais compradores de automóveis uma avaliação realista e independente do desempenho de segurança de cada modelo.

Fundada em 1997 a Euro NCAP é apoiada por várias organizações governamentais, automobilísticas, de consumidores e de seguros. Esta entidade tornou-se rapidamente um catalisador na área da segurança, encorajando e incentivando cada vez mais melhorias significativas neste campo. Desde incorporações de recomendações no design de carros novos passando pela análise de novas tecnologias. Saiba aqui quais são os carros mais seguros?

As classificações Euro NCAP aplicam-se estritamente aos veículos das especificações oferecidas na Europa. Deste modo as classificações não se aplicam a modelos oferecidos em outras regiões. Mesmo quando vendidos com um nome idêntico, já que as especificações de produção e os equipamentos podem variar.

Os carros mais seguros de 2018

A Euro NCAP anunciou no fim do ano passado os seus vencedores anuais “Best in Class”. De todos os testes efetuados foram três os veículos que alcançaram o cobiçado prêmio. A saber, os carros mais seguros foram:

Mercedes-Benz Classe A

 

 

 

 

 

 

 

O Mercedes Classe A descatou-se entre os “Pequenos familiares” e atingiu o melhor resultado geral deste ano.


Lexus ES

 

 

 

 

 

 

 

O Lexus ES obteve a melhor performance da categoria “Grandes carros de família”. Reivindicou também o novo prêmio se segurança da Euro NCAP para os carros híbridos, ou elétricos, na temporada 2018.

Hyundai NEXO

 

 

 

 

 

 

 

O Hyundai NEXO foi o melhor dos grandes Todo-o-terreno.

 

Obervações:
– Algumas categorias podem não estar representadas, nos casos em que o Euro NCAP tenha testado poucos carros dessa classe em 2018.
– A Hyundai Santa Fe alcançou a mesma pontuação geral da NEXO, mas está atualmente sujeita a um recall de segurança.

Marcas procuram atingir os mais altos níveis de proteção

Aquando da cerimónia de apresentação dos vencedores o secretário-geral do Euro NCAP, Michiel van Ratingen, destacou: “Em 2018, introduzimos novos testes rigorosos, com um foco especial na proteção aos utilizadores de estradas degradadas ou sem as condições adequadas. Os três vencedores do prêmio “Best in Class”, demonstram claramente que os fabricantes de carros estão procurando atingir os mais altos níveis de proteção. Assim, as avaliações do Euro NCAP são um catalisador para essas melhorias de segurança cruciais. ”

E continuou, enaltecendo que “O Euro NCAP colocou a tecnologia de condução automatizada em teste, em 2018, pela primeira vez as nossas descobertas ajudaram a esclarecer algumas das confusões que os consumidores de automóveis estão experimentando atualmente. Definitivamente os sistemas de condução assistida podem trazer benefícios de segurança e conveniência, mas a automação total está muito distante. Vamos acompanhar e avaliar esses desenvolvimentos de perto e garantir que os consumidores tenham todas as informações de que precisam ao considerar essas novas tecnologias de acionamento autónomo”.

“Enquanto isso, nossa avaliação do caminho que falta percorrer na segurança rodoviária apresenta alguns desafios importantes para os fabricantes de veículos nos próximos anos. Esperamos que todos os fabricantes de automóveis tenham a oportunidade de apresentar bons resultados. Assim como a Mercedes-Benz, a Lexus e a Hyundai fizeram este ano.”

Segurança em evolução

Relembro que a atribuição das classificações de estrelas pela segurança é melhorada e mais exigente de ano para ano. Logo as classificações de anos anteriores não são diretamente comparáveis com as novas classificações. Ou seja, um veículo que obteve 5 estrelas á 5 anos atrás de certeza que ficaria com menos estrelas num teste atual. O que prova que os novos modelos são carros mais seguros.

A segurança evolui. Da mesma forma as necessidades dos consumidores mudam, estes tornam-se mais exigentes. Por isso é fundamental actualizar as técnica de testes e as tecnologias que são testadas. Ainda mais que só assim poderão ser validadas cientificamente as competências de segurança dos novos sistemas presentes nos automóveis.

Foto | Euro NCAP