Silent Blocks ou Sinoblocos. O que são?

De certeza que já foi à oficina com o seu carro e ouviu o seu mecânico dizer que o problema tem a ver com os sinoblocos. Ora, sinobloco é uma adaptação ao português da palavra Silent Blocks em inglês. Com a dificuldade de alguns mecânicos, e não só, em dizerem Silent Blocks, a palavra foi-se aportuguesando.

Os Silent Blocks, ou sinoblocos, são peças idealizadas para absorver as vibrações e os impactos. Estas peças podem ser encontradas dentro do mecanismo da suspensão do automóvel. Este componente antivibrações é um dos dispositivos com os quais conta o sistema de suspensão, onde trabalham as molas, barras de torsão, amortecedores ou as barras estabilizadoras. É uma das peças encarregadas de unir o chassis e os elementos principais da suspensão permitindo o movimento da carroçaria, para além de eliminar vibrações e ruídos.

A função antivibrações dos Silent Blocks

Cada Silent Block dispõe de uma borracha que lhe dá flexibilidade com o objetivo de absorver o golpe, o impacto, e minimizar as consequências do mesmo, incluindo possíveis ruídos que produzem pela fricção. Pode dar-se o caso que a borracha que existe no interior do mecanismo da suspensão do automóvel acabe por se romper com o desgaste que sofre. É perfeitamente normal que com o passar do tempo percam propriedades uma vez que endurecem e se deterioram, logo deixam de oferecer efetividade e pode produzir ruídos que passam para o interior do veículo. Este tipo de componentes são ainda mais desgastados por passagens em buracos e lombas na estrada. A passagem por este tipo de zonas a velocidades elevadas, acaba por desgastar as borrachas ou os sinoblocos.
Assim, o mau estado destas peças pode supor que o seu carro se torne mais instável ou que o condutor perceba facilmente uma perda de precisão na condução. Neste caso, convém substituir esta peça e alinhar a dreção para que o veículo volte a ter a sua estabilidade original.

O que acontece se não estão em bom estado?

É muito importante que os Silent Blocks do nosso carro estejam em bom estado para que o seu funcionamento seja perfeito. Se estiverem demasiado desgastados, e tal como já referimos, provocarão ruídos desagradáveis, problemas na suspensão e na direção, além de produzir uma possível falha na transmissão e um desgaste acentuado nos pneus.Deste modo, é recomendável fazer uma revisão a estes componentes, por exemplo, se detetar um ruído estranho nessa zona. Se não o fizer arrisca-se a provocar uma avaria maior, e mais dispendiosa, no veículo.
O mais comum é que os Silent Blocks se partam na zona central, provocando que os casquilhos dos dois extremos se toquem, ocasionando vibrações e ruídos característicos, semelhantes aos de um colchão de uma cama antiga, sempre que o veículos passa por algum desnível, lomba, buraco, e também ao virar o volante ou travar.
Um Silent Block partido ou desgastado, provoca instabilidade e imprecisões na direção, pois esta vai estar desviada para o lado do Silent Block danificado.

E quanto duram os Silent Blocks?

Os que mais sofrem, num automóvel de tração dianteira, são os do eixo dianteiro, uma vez que é onde há mais articulações por causa da direção. Tem ainda de suportar os maiores “golpes” e vibrações devido ao peso do motor, são, por isso, os que se substituem com maior frequência. A duração de um Silent Block depende, entre outras coisas, do seu desenho e da qualidade do componente utilizado. Se a peça montada no veículo for de boa qualidade, levará mais tempo a deteriorar-se.
Preste atenção a este componente. Mesmo que não ouça ruídos, peça na revisão para fazerem um check-up a este peça.

Fonte: Infotaller