Como evitar acidentes em dias de chuva?

A chuva traz dificuldades acrescidas para a condução, sendo de todo conveniente adotar algumas regras e seguir os conselhos que a seguir que lhe indicamos.

A precipitação implica aumentar o cuidado com que se conduz, dado que a visibilidade fica mais afetada e as condições de aderência deterioradas. Pressupõe ainda garantir que o veículo está em condições, pois travões e pneus em mau estado irão ser fatores decisivos para ter um acidente ao virar da curva. Veja uma síntese dos aspetos que deverá ter em conta em dias de chuva.

Perigo de aquaplanagem

Os condutores devem estar cientes do perigo de aquaplanagem nesta altura do ano. Ao encontrarem um lençol de água, rapidamente podem perder o controlo das suas viaturas, pelo que conduzir com prudência, a velocidades mais baixas e atentos ao que a estrada apresenta é fundamental para não se ser apanhado desprevenido. Relacionado com a aquaplanagem estão os pneus do carro, cujo piso se não tiver a profundidade necessária e a borracha estiver ressequida, levá-lo-ão ao despiste certo, pois perderem o contacto e a aderência com o asfalto. Não esqueça isso.

Pneus em boas condições

Circular com pneus em bom estado é determinante para rolar com segurança do veículo. Não se esqueça que os pneus são o componente do veículo que o colocam em contacto com o solo e um pneumático “careca” ou sem eficazes propriedades de aderência de nada lhe valerão se necessitar de travar com emergência ou curvar. Pneus em mau estado ou pneus de fraca qualidade vão aproximá-lo bastante de ter um acidente.

Escovas limpa para-brisas

A chuva prejudica a visibilidade, pelo que é muito importante garantir que tem as escovas do limpa para-brisas em boas condições e que o próprio para-brisas por dentro está limpo para que o embaciamento não ocorra com tanta facilidade. Em circunstâncias em que a queda da chuva é tal, que mesmo com o limpa para-brisas no máximo não dá vencimento à água, o melhor é parar uns minutos para deixar passar aquela torrente enorme de água. Encoste à berma, mantenha as luzes ligadas e os quatro piscas a funcionar.

O esguicho do limpa para-brisas também deve estar operacional. Verifique se não está entupido. Também é relevante reabastecer o depósito do líquido do limpa para-brisas, de preferência com um produto próprio e não apenas com água, já que esse líquido apropriado tem desengordurante que é mais eficaz na limpeza do vidro.

Velocidade adequada

Com chuva, quanto maior for a velocidade, menor vai ser a aderência do veículo com o pavimento. A velocidade a que se circula deve sempre estar adequada às condições do piso, climatéricas, à intensidade de tráfego, ao traçado da estrada e até ao próprio veículo que se conduz. Como se disse atrás, se é um facto que a aquaplanagem pode acontecer mesmo a automóveis com pneus em bom estado, não menos verdade é o facto de isso  ocorrerá se a velocidade for excessiva.

Distância de segurança

Os veículos devem circular sempre com uma distância de segurança a fim de poderem travar e imobilizar a viatura atempadamente. Com chuva, isso ainda deve ser levado de forma mais séria, devendo aumentar a distância a que circula dos veículos que leva à frente, pois para parar, precisará de mais espaço pelas menores condições de aderência do pavimento.