Sistema eCall vai ser obrigatório em veículos novos na Europa a partir de 31 de março

Sistema eCall

O dia 11 de fevereiro foi o dia europeu do número de emergência 112. Encontrar um dia para o comemorar o número 112 foi uma iniciativa do Parlamento Europeu tomada pelo Conselho da União Europeia no ano de 2009 de forma a aumentar a difusão do número 112 e assim promover a utilização apropriada do número de emergência da União Europeia.

A partir do dia 31 de março, vai entrar em vigor a obrigatoriedade do sistema eCall marcar presença em todos os veículos novos matriculados nessa data, sendo um dos avanços mais esperados em termos de segurança rodoviária em conjunto com o sistema de desligar automaticamente o motor logo depois de ter sucedido um acidente.


eCall, dispositivo de chamada automática de aviso e emergência

O eCall é um sistema de segurança terciária do veículo que se encarrega de evitar que os efeitos de um acidente sejam agravados após este ter acontecido. O dispositivo de chamada automática de emergência eCall, e do qual já falamos no Circula Seguro, ainda acarretava algumas dúvidas sobre provacidade e proteção de dados dos condutores e a sua obrigatoriedade foi então aprovada no Parlamento europeu para todos os veículos (ligeiros e furgões) que sejam matriculados a partir de abril de 2018.
O dispositivo eCall é um sistema que envia uma mensagem automática aos serviços de emergência imediatamente depois de ter acontecido uma colisão ou acidente. Trata-se de uma chamada de emergência gerada de forma voluntária pelos ocupantes do veículo assim que pressionam um botão ou é gerade de forma automática através da ativação do airbag logo após o incidente. O eCall no veículo estabelece uma chamada de emergência que transmite tanto voz como dados diretamente aos serviços públicos de emergência. Desta forma, no caso de um acidente rodoviário, reduz-se o tempo de resposta dos serviços médicos e, em consequência, previnem-se possíveis lesões do ocupantes do veículo. De acordo com os peritos, com a plataforma eCall e de forma voluntária poderiam ser explorados outros serviços adicionais como, por exemplo, esquemas de seguros avançados para evitar fraudes e rastreamento de veículos roubados graças aos módulos de posicionamento e processo de comunicação. Não obstante, por motivos de privacidade e de proteção de dados do sistema eCall no veículo, só estaria ativo em caso de acidente ou depois de ser ativado de forma manual. O objetivo é que os centros públicos de resposta em relação a qualquer emergência possam armazenar os dados relacionados com o eCall durante um período de tempo determinado. Isto, cumprindo as regulamentações de cada país sobre a proteção de pessoas e de dados e ainda sobre a livre circulação desses dados.
Em Portugal os centros operacionais nacionais do 112 já estão prontos desde novembro do ano passado para receber chamadas ‘eCall’.
Este sistema já está em total funcionamento na Holanda, Eslovénia, Suécia e Finlândia.

Enquanto o sistema eCall não entra em vigor, recordamos a quem deve ligar em caso de emergência.

SERVIÇOS DE URGÊNCIA
Número Nacional de Socorro 112
Intoxicações 217 950 143
Centro de Busca e Salvamento Marítimo 214 401 919

BOMBEIROS
Chamadas de Socorro 213 422 222
Comandos 213 924 700

POLÍCIA
GNR – Comando 213 217 000
GNR – Brigada de Trânsito 213 922 300
GNR – Brigada Fiscal 218 112 100
Policia Marítima (Piquete) 213 908 101
Policia de Segurança Pública 213 466 141
Policia Judiciária (Piquete) 213 575 566
Polícia Municipal 217 268 022

Fonte: ANSR
Comissão Europeia