Artigos na etiqueta A twist of the wrist

Motos e curvas (6) : Travagem e terminamos com o controle de derrapagem

Motos e curvas - A twist of the wrist - Travagem

Terminamos a revisão dos vários capítulos de A twist of the wrist com a sexta e última parte onde abordaremos um momento muito importante nos traçados das curvas: a travagem. Os travões são a parte mais poderosa numa motocicleta, muito mais do que o motor, mas tal força pode levar a que se cometamos um erro de forma muito mais fácil ou que não tenhamos confiança suficiente para tirar todo o partido que possamos.

Mas, para além de travar correctamente na maioria dos casos também reduzimos uma ou mais mudanças descer com o objectivo de colocar o motor a funcionar na faixa de revoluções adequada no momento em que encaramos a saída da curva. Como devemos parar? Como reduzir as mudanças? Veremos a seguir.

Ler mais…

Motos e curvas (5): Continuamos a melhorar o nosso traçado e a circulação rápida

Traçado - Motos e curvas - A twist of the wrist

Como referimos no quarto capítulo deste especial baseado nos vídeos da Bíblia das Curvas, é muito importante escolhermos uma trajetória que nos permita enfrentar as curvas com a máxima segurança possível, sobretudo em estrada aberta, onde podemos encontrar curvas que não conhecemos. Dizíamos que o nosso ponto de abordagem deve ser o mais tardio possível de forma a podermos entrar conhecendo a maior parte do traçado da curva e, assim, escolher um ponto de contacto com o interior da curva de forma correta, que evitará que saíamos demasiado por fora da curva.

Mas para poder realizar esta gestão da curva é condição essencial que sejamos capazes de virar a moto para introduzi-la na curva o mais rapidamente possível em função do tipo de moto, velocidade e condições de aderência ao asfalto. A transição da posição vertical para a posição de máxima inclinação para gerir a curva deve ser o mais rápida possível.

Ler mais…

Motos e curvas (4): A posição no motociclo e o seu traçado

Motos e curvas - A posição no motociclo

Na quarta parte desta série sobre Motos e curvas vamos-nos centrar na postura que devemos adoptar no motociclo e no porquê de eleger um bom traçado para realizar a curva que está no nosso trajecto. Este último aspecto é muito importante sobretudo quando circulamos em estrada porque nos vai permitir minimizar os riscos, tanto nas curvas como nos locais de maior visibilidade, quando nos é possível ver o que se encontra mais à frente.

A postura, quando nos encontramos em cima do motociclo, depende, em muitos casos, do tipo de acento em que nos encontramos. Conduzir uma scooter não é a mesma coisa que conduzir uma mota desportiva. No vídeo que irá encontrar no final fala-se da postura que se deve ter na condução de uma mota desportiva. Mas antes vamos ver as várias possibilidades em função do tipo de mota.

Ler mais…

Motos e curvas (3): Mais sobre controlo de velocidade, relaxamento e posição

Motos e curvas
Na terceira parte desta série denominada Motos e curvas, basada no livro A twist of the wrist, vamos aprofundar um pouco mais sobre como controlar a velocidade. Para o caso de se esquecer, após as possíveis férias de Agosto e consequente pausa, de dar uma olhadela na segunda parte, onde já tratámos o tema do controlo da velocidade e a sua importância para evitar a instabilidade da moto.

Quando se deve acelerar? Questionareis. Pois tão rápido quanto for possível. Não existe uma regra fixa, nem no ápice da curva, nem depois, nem antes. Simplesmente, logo que possível. Com isso conseguir-se-á que a moto permaneça estável enquanto fazemos a curva. Mas devemos estar atentos, abrir o gás não significa acelerar como se não existisse um amanhã. Devemos fazê-lo com suavidade.

Ler mais…

Motos e curvas (2): O controle do acelerador

Motos e curvas

Depois de na primeira parte passarmos a conhecer como se executa a técnica de contra-brecagem e as técnicas de sobrevivência, vamos falar hoje sobre o acelerador, algo de grande importância. Dependendo de como agimos no acelerador, podemos conseguir delinear curvas de uma forma mais eficaz e com maior segurança.

A primeira coisa que devemos entender é que o acelerador nos permitirá transferir parte do peso do pneu de trás ou do dianteiro, em função de se estar a acelerar ou, pelo contrário, se ter soltado completamente o manípulo do acelerador, sendo que o motor está a exercer uma retenção sobre o motociclo.

Ler mais…

Motos e curvas (1): contra-brecagem e reacções de sobrevivência

Motos e curvas - contra-brecagem

A partir de hoje e durante várias semanas, iremos focar-nos em como melhorar as nossas aptidões ao comando de um motociclo. Para tal, teremos o auxílio de uma série de vídeos baseados no livro escrito por Keith Code, ‘A twist of the wrist’, ou, como é conhecido também, a biblia das curvas. Sim, falamos de motos e curvas.

Neste primeiro capítulo falaremos sobre a técnica de contra-brecagem, como se aplica e que efeitos tem. Além disto, falaremos sobre as RS, também denominadas reacções de sobrevivência, que todos nós aplicamos quando nos vemos numa situação de risco que está para além do nosso controle.

Ler mais…