Artigos na etiqueta Airbag

Você circula seguro? (2/2)

5058226388_149b9d681e_b

O bom senso e a prudência são bons companheiros de viagem, se tivermos a calma de preparamo-nos para um determinado percurso este correrá invariavelmente melhor, siga as regras, cumpra a sinalização e respeite os outros, adoptar esta atitude é meio caminho andado para que possamos circular de forma segura, com menos complicações ou atritos, tanto para nós como para os outros utentes da via pública.

Depois de relembrar a importância de circular dentro dos limites de velocidade, do quão importante é para a sua segurança que os outros saibam antecipadamente o que irá fazer, assim como é importante você saber o que os outros irão fazer, para isso todos devem sinalizar as manobras. E no artigo anterior foi ainda relembrado o fiel cinto de segurança, veja mais algumas dicas para assegurar que você circula seguro. Ler mais…

Conhece os sistemas de retenção secundários?

SRS curtain airbag

Os sistemas de retenção secundários existentes no interior de um veículo automóvel são talvez a designação mais desconhecida, mesmo que um dos seus elementos seja dos mais vezes mencionados por todos os que falam de segurança automóvel por para providenciar maior segurança em caso de acidente.

Todos já olhamos para o painel de um automóvel e logo por baixo da identificação da presença do airbag, o mais conhecido sistema secundário, lemos as letras SRS que significam “Supplemental Restraint System”. Ou seja, identifica um sistema secundário, ou suplementar, à segurança automóvel.
Ler mais…

Será o airbag assim tão seguro?

Airbag

Já aqui falamos de como o airbag funciona e da sua importância, é inegável que foi uma das melhores invenções do mundo automóvel e muito evoluiu a sua tecnologia desde a sua primeira aparição nos anos 50 quando o alemão Walter Linderer e o americano John Hedrik registaram a primeira patente do que viria a ser o airbag que conhecemos hoje. Curiosamente o primeiro carro a ter airbags foi um Chevrolet em 1973 mas apenas para os carros que fossem vendidos para o governo dos Estado Unidos da América.

Mas falemos agora da parte da segurança do airbag, devo esclarecer já uma coisa, que apesar do airbag poder não ser 100% seguro ter um carro sem este sistema de segurança passiva não é melhor e apesar de ao mesmo tempo ser um sistema inovador que já ajudou a salvar inúmeras vidas, não podemos achar que a sua presença dispensa o uso de cinto de segurança.

Ler mais…

O preço de circular com mais segurança

Segurança do veículo

O facto de que um automóvel bem equipado ser uma garantia para a segurança rodoviária não pode ser colocado em dúvida. Mas isso tem um custo que nem todos somos capazes de acarretar. Por este motivo, é necessário ter em mente alguns pontos básicos que devem ser priorizados na escolha de um automóvel.

Basicamente, a segurança de um veículo começa na atitude do condutor e ocupantes. O uso de cintos de segurança em todos os assentos e a colocação e uso adequado dos sistemas de retenção para crianças são apenas alguns dos factores que, embora sejam obrigatórios por lei, acabam por se tornar em opções que as pessoas tomam dependendo de variáveis ilógicas como por exemplo a distância que irão percorrer.

Ler mais…

Como funciona um airbag, em cinco breves vídeos

O airbag do SEAT Ibizaairbag é um avanço tecnológico no campo da segurança passiva dos veículos que, mesmo não tendo a importância do cinto de segurança, transformou-se em uma revolução no mundo automóvel, pois ajuda o cinto a reter os ocupantes do veículo aquando de uma colisão grave, salvando-os de graves danos causados ??por movimentos involuntários aos quais são submetidos durante a desaceleração súbita.

Talvez tenhamos visto algumas vezes airbags expostos, inclusivamente tivemos aqui um airbag que explodiu acidentalmente devido a danos não reparados, mas nós nunca vimos como um airbag funciona e se expande como veremos hoje, a partir de cinco perspectivas muito diferentes que nos ajudarão a melhor avaliar esse elemento essencial para a nossa protecção.

Ler mais…

Airbag em segunda-mão: um problema crescente

Airbags

Por alturas de Outubro de 2010, já confrontados com a reinante falta de liquidez dos privados (para dizê-lo de outra forma), nosso companheiro na Espanha Javier Costas avisava-nos do aumento do número de condutores que diante de um problema com o seu airbag, decidiam prescindir da sua reparação e circular com o airbag desligado. Era de deitar as mãos à cabeça e não era para menos.

Passaram mais de dois anos e a situação segue mais ou menos o mesmo descaminho. Não propriamente, quem não podia substituir o seu airbag, deparou-se com a situação de ter que passar na Inspecção Periódica Obrigatória a veículos e como com o indicador do airbag aceso não passas a IPO, tinha que se arranjar uma saída.

Ler mais…