Artigos na etiqueta Animais e Segurança Rodoviária

Os tratores e a segurança rodoviária nos meios rurais

Os tratores e a segurança rodoviária nos meios rurais

Ao longo dos últimos trinta anos, Portugal viu crescer a sua rede rodoviária, nomeadamente a linha de auto-estradas que atravessam o país de lés-a-lés. Houve, sem dúvida, um forte investimento nessa área, independentemente se goste ou concorde.

No entanto, Portugal não deixa de ser um país com áreas rurais, apesar de ter havido um desinvestimento nesse setor. Mas o que realmente interessa nesta rubrica, é o facto de continuarem a existir bastantes zonas rurais e tudo o que isso implica com a circulação rodoviária.

Ler mais…

Vai viajar? Saiba que cuidados deve ter para transportar o seu animal de estimação sem que ambos corram perigo.

Vai viajar? Saiba como transportar o seu animal de estimação sem que ambos corram perigo.

As férias estão a chegar e alguns fins-de-semana mais prolongados também. Durante esses períodos muitas são as pessoas que efetuam algumas deslocações, de maior ou menor distância, para locais diferentes do seu local de permanência habitual.

Sabendo que há quem tenha em casa animais de estimação, essa deslocação pressupõe que o dito animal acompanhe a família. Se assim é, então devem ter-se alguns cuidados com o seu transporte durante o percurso que vamos efetuar.

Ler mais…

Conduzir com animais nos carros prejudica em muito a condução

Cães em carros - CS

O ato de conduzir deve ser feito com extrema atenção, todo na estrada acontece em segundos ou centésimas de segundos, o simples facto de olharmos para os bancos de trás para fazer qualquer coisa, pode ser suficiente para não ver uma pessoa a atravessar uma passadeira ou um carro que sai de um estacionamento. Quando se fala em distrações vindas dos bancos de trás certamente que o seu primeiro pensamento foram as crianças, mas engane-se, porque os animais, mais habitualmente, cães ou gatos, são um ponto de distração mais acentuado do que as crianças. Ler mais…

O seu cão usa cinto de segurança?

sleepypod

Se o meu cão usa cinto de segurança? Mas que pergunta estranha para uma página de segurança rodoviária pensaram alguns, mas se falarmos de passageiros sem cinto no banco traseiro já acham normal, pois sabem o perigo que representa, tanto para quem vai sem cinto como para quem está na sua frente e que sofrerá o impacto do corpo em caso de acidente.

Colocar um cinto de segurança num cão protege não só o animal, mas também o condutor ou passageiros de um carro, não só em caso de embate, mas também, impede um cão assustado de saltar para o banco da frente e distrair o condutor, os cintos de segurança do cão podem ajudar a manter todos os ocupantes do veículo em segurança durante uma viagem.
Ler mais…

Como tratar de um insecto que se aloja dentro do carro

Insectos no carro

Não é de estranhar que nestas altura do ano, entre um pequeno curioso passageiro clandestino, dentro do carro. Falamos dos insectos no carro. Moscas, mosquitos, vespas são animais que estão sempre dispostos a percorrer uns quantos quilómetros na nossa companhia, e no final de contas corremos o risco de acabar a brigar e a dar estaladas para conseguir convence-los que é melhor voarem livremente fora do nosso veículo.

Não há duvidas, que as distrações são um dos muitos pontos fortes da sinistralidade rodoviária, pelo que, evitar situações de risco deveria ser a nossa prioridade quando estamos ao volante. Não podemos ignorar algo assim, pois alguns insectos, além de serem irritantes, podem resultar realmente em algo prejudicial, como é o caso da vespa quando se lembre de nos picas.

O que podemos fazer em casos como estes?

Ler mais…

A melhor solução contra o atropelamento de animais consiste em demonstrar o que nos diferencia deles

Atropelamento de animals nas estradas

Só este ano, e até ao fim do Outubro, a GNR contabilizou 1.091 acidentes nas estradas portuguesas resultantes de colisões com animais. Raposas, aves diversas e cervos engrossam a lista de animais não controlados que deambulam pelas proximidades das nossas estradas ocasionando numerosas situações de risco para os condutores e para as próprias espécies.

Em caso de atropelamento de animais, deve sempre contactar-se a polícia. No caso de se tratar de um animal doméstico, o Código da Estrada prevê multas para os donos, que são responsáveis dos seus animais. No caso de animais selvagens… é um pouco mais complicado.

Ler mais…