Artigos na etiqueta Condutor principiante

Estágio de condução automóvel deve ser um método preventivo em beneficio da segurança rodoviária

distico

Atualmente, obter um título de condução, passa por um processo devidamente regulamentado composto por uma série de outros processos burocráticos e de formação.

A inscrição em escola de condução, o preenchimento dos formulários e demais documentação – incluindo um contrato de prestação de serviços – até à frequência das respetivas aulas teóricas e práticas.

Ler mais…

Saiba como melhor se preparar para o seu exame de condução

Saiba como melhor se preparar para o seu exame de condução

Um exame de condução é a fase final do processo de aprendizagem e formação de quem pretende adquirir um título que o habilite a conduzir um veículo, seja ele de que categoria for. É sempre o ponto alto de todo o processo e pensar-se na palavra exame, provoca, de modo geral, um formigueiro na barriga.

Mas afinal, será o exame de condução uma prova tão difícil e complicada como a tradição do passa a palavra quer fazer parecer, ou é apenas um momento em que alguém vai avaliar os nossos conhecimentos teóricos e práticos e avalizar a nossa capacidade para enfrentarmos o meio rodoviário, sozinhos?

Ler mais…

A responsabilidade de ter uma carta de condução

A responsabilidade de ter uma carta de condução

Quem se inscreve numa escola de condução para receber formação que possibilite adquirir um título que habilite a conduzir um veículo, seja através de licença ou de carta de condução, fá-lo no sentido de vir a ser um futuro condutor, independente, responsável e capaz de resolver todos os problemas rodoviários com que se depare.

É responsabilidade da escola de condução desenvolver um plano de formação capaz de fazer chegar a informação ao candidato a detentor de licença ou carta de condução, no entanto, tal como na vida, a responsabilidade de boa conduta e comportamentos adequados, devem já estar desenvolvidos no carácter do individuo.

Ler mais…

Revolução educativa na prevenção e segurança rodoviárias (3)

Revolução educativa na prevenção e segurança rodoviárias

Ao longo dos tempos, a aquisição de um titulo que habilitasse a conduzir determinados veículos, foi sendo alvo de evolução. Essa evolução teve uma intervenção a vários níveis e sempre com o intuito de melhorar as condições rodoviárias em Portugal.

Essa evolução educativa jamais foi uma revolução educativa, uma vez que em muitos casos, quando se pretendeu revolucionar, muitos foram os grupos socioeconómicos que levantaram as maiores dificuldades, o que levaram a que a classe politica desse um passo atrás na suas decisões.

Ler mais…

Um dístico de importancia social

L-condutor-novel

Ao longo dos anos, em Portugal, os condutores recém-encartados estavam obrigados a ostentar na traseira do automóvel que conduziam, um dístico indicador disso mesmo, condutor recém-encartado. Este dístico era circular, de cor amarela e com a inscrição do número “90” no seu interior, tendo como principio não apenas a indicação ao condutor da retaguarda que ali transitava um condutor com menos experiência, mas também para indicar que aquele condutor estava limitado à sua velocidade máxima.

A existência desse dístico surgia quando o recém-encartado adquiria a sua autorização legal para  conduzir, autonomamente,  o seu veículo, e tinha de estar afixado em local visível na retaguarda sobre o lado esquerdo e durante o primeiro ano de carta de condução.

Ler mais…