Artigos na etiqueta Conduzir com responsabilidade

Os perigos a que estamos expostos quando comemos durante a condução

Os perigos que ocorrem quando comemos enquanto conduzimos

Comer e conduzir ao mesmo tempo, não é, certamente, a melhor combinação para a segurança rodoviária. Quantas vezes já não aconteceu estarmos a conduzir e a comer uma sandes, porque estamos atrasados ou a degustar um gelado, porque lá fora faz calor?

Acontece que, enquanto conduzimos e comemos o que quer que seja, não damos conta dos diversos riscos a que estamos expostos; quais? Pense bem como seria se, enquanto come uma sandes, lhe surge um obstáculo súbito pela frente.

Ler mais…

Ler enquanto conduz não é a melhor solução

Ler enquanto conduz não é a melhor solução

Gosta de ler? É viciado em leitura? Faz muito bem, pois ler proporciona saber, cultura e capacidade de comunicação. No entanto, fazê-lo enquanto conduz não será a melhor solução para combater a sede que tem em beber as letras, palavras e páginas de um bom livro, relatório ou o que quer que seja que tenha letras.

Pode parecer estranho estar a abordar este tema, desta forma. Muitos serão os leitores que se estarão a questionar sobre quem é que conduz e ao mesmo tempo. Pois bem, algumas são as histórias que conheço, sobre quem está ao volante a velocidade por vezes considerável e a ler.

Ler mais…

Distração ou incompetência rodoviária social?

Distração ou incompetência rodoviária social?

A questão que se deve colocar é mesmo esta; Distração ou incompetência rodoviária social? Sim, porque o que se assiste cada vez mais, n~~ao pode, se modo algum tratar-se de uma distração, mas sim de uma falta de respeito brutal pelos seus pares, ou seja, uma total incompetência social associada ao meio rodoviário.

Sabemos que cada vez mais a arrogância de muita gente é uma barreira à boa prestação de um comportamento que se adeque com a harmonia rodoviária e social. Seja na prática de uma condução segura, com manobras ajustadas, tempos pensados, riscos ponderados, seja mesmo quando estão estacionados.

Ler mais…

Conduzir em emergência em época de verão (2)

Conduzir em emerg~encia no verão

São duas da manhã e ao quartel chega uma chamada telefônica de um grave acidente rodoviário envolvendo diversas viaturas com um número não identificado de pessoas encarceradas. A chamada de operacionais é imediata, saindo para o local diversas viaturas de emergência, não se sabendo exactamente o que se vai encontrar.

Cada elemento que ocupa um lugar dentro de uma das viaturas, deixou para trás a sua família, partindo em socorro de quem não conhece mas que, naquele momento, necessita da sua ajuda. Vão circular com um destino e um objectivo imediato; Socorrer alguém, tentando com isso salvar vidas e minimizar sofrimento.

Ler mais…

Fundo de Garantia Automóvel

Fundo de Garantia Automóvel

Já olhou com atenção para o recibo quando vai pagar o seu seguro de responsabilidade civil automóvel? Se verificar, existem umas quantas parcelas complementares que contribuem para “engordar” o valor final que vai ser pago. E uma dessas parcelas é a do Fundo de Garantia Automóvel. Esse fundo que muitos segurados se questionam do que realmente se trata e para que serve.

Como já aqui foi abordado no post “Seguro de responsabilidade civil, o que realmente tenho?“, todo o veículo motorizado ou seu reboque tem de estar seguro com um contrato de responsabilidade civil de uma qualquer seguradora. Este contrato vai garantir, salvo exceções, a reparação dos estragos efetuados a terceiros em caso de acidente.

Ler mais…

Seguro de Responsabilidade Civil, o que tenho?

seguroffice

Em Portugal, como em qualquer outro país da Europa, um veículo a motor ou o seu reboque, para circularem na via pública têm de estar segurados com um seguro de responsabilidade civil. Ou seja, para nos fazermos à estrada com um veículo motorizado temos de possuir um contrato com uma seguradora, seja ela qual for.

Segundo o código da estrada português, quem na via pública circular um veículo motorizado ou a ele atrele um reboque sem que estes estejam segurados, incorre numa contra-ordenação muito grave e terá como consequência a aplicação de uma coima, a inibição de conduzir pelo período que pode variar entre um mês e um ano, assim como a apreensão do veículo até à apresentação do documento comprovativo de seguro de responsabilidade civil.

Ler mais…

Tempos de condução e repouso

Incongruências legislativas

Longe vão os anos em que as viagens dos motoristas de automóveis pesados de mercadorias rolavam por essas estradas da Europa, muitas vezes mais de 15/20 horas seguidas. Sim, é verdade que já abordamos esta temática, no entanto não com o mesmo desenvolvimento ou ponto de vista de igualdade entre condutores de automóveis pesados.

Preocupados com a segurança dos motoristas de automóveis pesados, as suas condições de trabalho e porque muitos acidentes eram causados pela fadiga acumulada ao longo das horas de condução, resultante de uma normativa da União Europeia, foi transporta para a Lei portuguesa  a regulamentação que determina os tempos de condução e repouso dos  motoristas de automóveis pesados.

Ler mais…