Artigos na etiqueta construção de estradas

A segurança rodoviária começa por um planeamento adequado

O planeamento dos sistemas de gestão de tráfego e a projeção adequada das estradas e acessos pedonais podem reduzir significativamente os acidentes e em consequência reduzir os ferimentos e mortes em caso de acidente.

Por exemplo, a implementação de rotundas pode reduzir as colisões graves até 40%, e as mortes em até 90%. Outras melhorias são possíveis, com cruzamentos controlados para os peões, colocação de bandas sonoras, sem esquecer uma iluminação pública adequada. Veja outras vantagens do planeamento adequado.
Ler mais…

Projectar vias, olhando a segurança de todos os utilizadores

Projectar vias, olhando a segurança de todos os utilizadores

Já, por diversas vezes, trouxemos a este espaço a questão da importância de se projectarem as vias de comunicação rodoviárias, de modo a garantir uma segurança efectiva de todos os seus utilizadores, assim como garantir, dentro dos possíveis, pontos de fuga em eventual situação de conflito eminente.

E se da segurança rodoviária são parte integrante as vias de comunicação terrestre, então ao serem projectadas, devem sê-lo por pessoas profissionais e competentes, capazes de desenvolver estratégias e arquitectar opções facilitadoras do desenrolar da acção rodoviária.

Ler mais…

Mais segurança na “descida de Brenha” – EN 109

EN109b

Mais segurança na “descida de Brenha” – EN 109

 

Abordei há alguns dias a questão do perigo que é o troço da EN 109 no Concelho da Figueira da Foz, mais conhecido como “descida de Brenha“. Tal abordagem deve-se à volumosa sinistralidade rodoviária que naquela pequena quantidade de quilómetros se tem registado.

É um troço de estrada com muita história, de largos anos, onde a determinada ocasião existia um cruzamento, conhecido como o “Cruzamento do Galo D’ouro“, onde dezenas de acidentes mortais se deram, devido à configuração da via e mau estado de conservação.

Ler mais…

IC2 – uma estrada que cheira a morte

IC2 - Uma estrada que cheira a morte

Muitas são as estradas em Portugal, mais do que as desejáveis ou mesmo espectáveis, que apresentam troços de de risco elevado para os seus utilizadores, mas que, pomposamente, alguém resolveu utilizar a estática humana para os classificar, chamando-lhes de “pontos negros“.

Esses pontos negros são locais que, pela sua história marcam, indicam serem extremamente perigosos, uma vez que a sinistralidade rodoviária em que estão envolvidos e suas nefastas consequências, demonstram isso mesmo… são perigosos.

Ler mais…

Construção e manutenção de faixas de rodagem

Manutenção das vias

Existem estradas e estradas. Aquelas que têm uma intensidade de trânsito em maior número e outras onde o tráfego automóvel é mais diminuto. Existem as, onde o volume de trânsito, sendo elevado, apenas estão sujeitas a viaturas ligeiras, enquanto outras são suporte de tráfego de automóveis, também,  pesados.

Quando se projecta uma via deverá ter-se em atenção todos esses factores, de modo a se escolherem os melhores materiais, por forma a que a faixa de rodagem tenha uma durabilidade maior, sem estar sujeita a um desgaste rápido e anormal, deformando-a.

Ler mais…

Mobilidade rodoviária e segurança rodoviária

Mobilidade rodiviária

A mobilidade rodoviária tem como principio proporcionar todas as condições aos seus utilizadores, para que estes se desloquem entre pontos de uma forma segura e confortável. Desta feita, quando as vias e os acesso são projectadas em papel, quem o faz deverá ter o cuidado de analisar as necessidades.

Uma vez que, em muitos casos, quando as vias são projectadas se avalia o cerne da sua utilidade, a faixa de rodagem, todo o espaço envolvente, grande parte das vezes é esquecido ou a sua utilidade manipulada.

Ler mais…

“Solar Roadways” as estradas do futuro?

solar raodways

Muitas vezes olhamos para a estrada que percorremos como algo chato e aborrecido, pois de forma simplista podemos dizer que afinal trata-se simplesmente de alcatrão compactado, um projeto norte-americano denominado “Solar Roadways” pretende mudar essa forma de vermos o revestimento das estradas.

Pelo nome percebe-se que será uma forma de aproveitar a grande área que as estradas ocupam na superfície terrestre, aproveitando a energia solar que estas captam diariamente para a produção de energia, mas vejamos que mais promete esta inovação.
Ler mais…

Semana Mundial da Segurança Rodoviária (1)

Semana Mundial da segurança Rodoviária

Decorreu entre os dias 6 e 12 de Maio a Segunda Semana Mundial da Segurança Rodoviária da Nações Unidas.. Esta iniciativa incidiu sobre a segurança dos peões, nomeadamente sobre o que fazer de modo a aumentar a protecção destes, assim como contribuir para o objectivo da Década de Acção pela Segurança do Trânsito 2011-2020, salvar 5 milhões de vidas.

O desenvolvimento desta semana pretendeu contribuir para alertar para a segurança dos peões, gerar acções sobre medidas a desenvolver para aumentar a sua protecção e alcançar o valor dos 5 milhões de vidas salvas nessa década.

Ler mais…

Armadilha rodoviária na estrada nacional 111 em Montemor-o-Velho

Estrada Nacional 111

Durante a circulação rodoviária, o condutor, para além da sua intervenção de domínio do veículo, requer de um conjunto de factores externos que o auxiliem a definir, com antecedência, qual a melhor trajetória que o seu veículo deve percorrer evitando desse modo eventuais obstáculos permanentes ou ocasionais na via.

Uma vez que existem muitas vias de circulação mal projetadas ou elaboradas, tantas outras são as situações onde um condutor é confrontado com situações que, ou lhe condicionam a resolução de problemas ou lhe criam dificuldade de análise devido ao facto de proporcionar uma clara análise do espaço.

Ler mais…