Artigos na etiqueta Consumo de combustível

Sugestões para gastar menos combustível

02

Sempre que o preço do combustível aumenta, sobe também o interesse em encontrar a melhor forma de reduzirconsumos de combustível dos veículos, Desta forma, reduz-se também a fatura a pagar pelos combustíveis.

Mas a perceção ecológica também desperta as consciências de alguns. Nesta perspetiva tudo o que seja benéfico e promova a redução da dependência dos combustíveis fósseis deve ser levado a cabo. Assim, o primeiro passo é gastar menos combustível. Ler mais…

Sugestões para reduzir o consumo do seu carro (3/3)

460375914_62eeb623f0_o

Depois de falar de combustíveis de “marca branca”, de velas e de escapes no primeiro artigo desta série, falei sobre filtros de ar, alinhamento e pressão e rodas no segundo artigo e agora neste “último capítulo” serão abordados outros itens relevantes que são imprescindíveis na perseguição aos baixos consumos.

E esses itens dependem diretamente de si, agora não é culpa do mecânico ou da marca que fabricou o seu carro, são fatores que pode e deve corrigir de forma a alcançar uma melhor rentabilidade dos meios ao seu dispor, essa melhoria tem impacto tanto a nível pessoal como coletivo.
Ler mais…

Sugestões para reduzir o consumo do seu carro (2/3)

486240252_2364f1d397_b

Ao analisarmos ao detalhe um veículo para comprar, o consumo é um dos fatores que mais influencia a escolha, mas será que tomamos atenção aos pormenores que afetam esse mesmo consumo no nosso dia-a-dia? E será que fazemos o que podemos para mantê-lo sob controlo?

Neste texto são mencionadas algumas sugestões para conseguir reduzir, ou manter baixo, o consumo. O consumo deve ser controlado porque mais consumo significa mais poluição e afetamos o meio ambiente, prejudicando-o, mas menores consumos também significam menores gastos em combustível e tudo o que seja poupar geralmente é bem-vindo.
Ler mais…

Sugestões para reduzir o consumo do seu carro (1/3)

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O consumo de um veículo é um dos fatores que influencia a escolha de um ou outro modelo no momento de compra, mas será que tomamos atenção aos pormenores que afetam esse mesmo consumo no nosso dia-a-dia?

Aqui são lembradas algumas sugestões para aplicar na sua viatura, e na sua maneira de conduzir, de forma a conseguir baixar o consumo. Porque deve reduzir o consumo? Em primeiro lugar porque mais consumo significa mais poluição e se tem alguma consciência ecológica este fator deverá ser suficiente para ler este artigo, mas numa visão mais egoísta, menores consumos também significam menores gastos para si e um bolso mais cheio, que é o que todos procuram ter, conservando os euros nos seus bolsos.

Ler mais…

Condução mais eficiente

2386114930_3ed53590b2_b

A implementação de técnicas eficientes de condução, também chamadas atualmente de condução ecológica, pode levar a significativas reduções do consumo de energia, seja combustível fóssil ou elétrico, podendo atingir poupanças superiores a 10%.

Pelo simples facto do condutor se deslocar a 100 km/h em vez de 110 km/h, poderá obter significativas reduções no consumo de combustível. Nesta situação, o condutor chegará ao seu destino um pouco mais tarde mas chegará em maior segurança e praticando uma condução mais eficiente . Ler mais…

Plano ecológico europeu impõe limite de CO2

Chassis em carbono do BMW i3

Chassis em carbono do BMW i3

A União Europeia(UE) tem em vigor um plano de redução de emissões poluente para os novos carros vendidos nos seus estados-membros, o plano ecológico europeu impõe um limite de CO2, para 2020 o valor será de 95 gramas por quilómetro percorrido.

Este limite coloca os construtores perante um desafio muito grande, pois para alcança-lo é necessário um investimento em novas tecnologias, não só em termos de motores mas também na própria cosntrução dos veículos, pois para alcançar tais metas a massa dos veículos deverá forçosamente baixar.
Ler mais…

Dez conselhos para uma condução eficiente

Condução eficiente

O que é a condução eficente? Hum… No posto de gasolina estão prestes a estender-me uma passadeira vermelha. Passo a cada 48 horas por lá. São coisas que acontecem quando uma pessoa se dedica dia sim, dia sim, a esta coisa de dar voltas pela cidade a bordo de um automóvel. O que aconteceu foi que um dia destes, enquanto pagava (ouch!) a conta de encher o meu depósito de gasóleo a preço de ouro negro, reparei nuns pedacinhos de papel que estavam sobre o balcão.

Eram uns folhetos que continham “10 conselhos para ajudá-lo a conduzir de forma mais eficiente”. Editados pela Comissão Europeia, esses pedaços de papel resumem de uma forma bastante acertada o que deveria ser o decálogo de um condutor que não quer acabar por comer da caridade por ter que manter o seu veículo, já que dizem que estamos em tempos de vacas magras e há que apertar o cinto (ainda mais).

Não são conselhos excessivamente inovadores, mas podem ser seguidos sem que haja necessidade de se ser um perito do volante.

Ler mais…

As estrada em mau estado, o consumo e a manutenção

Manutenção das estradas

Algum tempo atrás aconteceu-me um caso surpreendente. Digamos que, para ir do ponto A ao ponto B (cerca de 25 km) podia escolher entre dois caminhos. O primeiro é uma estrada com bom asfalto e em que você pode manter uma velocidade mais ou menos constante de 90 km/h, com relativa facilidade.

A segunda opção, uma estrada secundária com o piso destruído pela passagem de centenas de camiões diários, com muitas curvas, mas onde também pode ser mantida uma velocidade mais ou menos constante de cerca de 60 km/h.

Ler mais…