Artigos na etiqueta ESP

ESP obrigatório em veículos novos na União Europeia

ESP obrigatório em todos os veículos novos da UE

Esta poderá parecer uma simples novidade legislativa sem grande importância. No entanto, ela é mais do que isso. Esta é uma noticia que acarreta segurança rodoviária, menor sinistralidade e maior igualdade.

Desde o passado dia 1 de Novembro de 2014, todos os automóveis ligeiros fabricados e matriculados na União Europeia, estão obrigados a estarem equipados com o sistema de segurança activa ESP, garantindo desta forma que não serão apenas as gamas altas a disporem desta elevada segurança, mas todos por igual.

Ler mais…

O que é o ESP ou controlo eletrónico de estabilidade

ESP - controlo eletronico estabilidade

ESP, ESC, DSC, VDC, VSA e VSC são as siglas comerciais do controlo eletrónico de estabilidade, um dos avanços tecnológicos no que toca a matéria de segurança activa mais importante dos últimos tempos. A sua função é conseguir que o veículo se mantenha na trajectória marcada pelo conductor com o volante, reduzindo em boa quantidade os riscos derivados de um despiste.

O controlo de estabilidade compara a trajectória marcada pelo próprio conductor com a trajectória real do veículo, analisa também a velocidade de viragem das rodas e intervem actuando sobre elas para redireccionar o veículo. Normalmente esta actuação é produzida mediante a travagem selectiva das rodas, usando elementos comuns como por exemplo o ABS.

Ler mais…

O preço de circular com mais segurança

Segurança do veículo

O facto de que um automóvel bem equipado ser uma garantia para a segurança rodoviária não pode ser colocado em dúvida. Mas isso tem um custo que nem todos somos capazes de acarretar. Por este motivo, é necessário ter em mente alguns pontos básicos que devem ser priorizados na escolha de um automóvel.

Basicamente, a segurança de um veículo começa na atitude do condutor e ocupantes. O uso de cintos de segurança em todos os assentos e a colocação e uso adequado dos sistemas de retenção para crianças são apenas alguns dos factores que, embora sejam obrigatórios por lei, acabam por se tornar em opções que as pessoas tomam dependendo de variáveis ilógicas como por exemplo a distância que irão percorrer.

Ler mais…