Artigos na etiqueta Rodas e pneus

Posso usar pneus de inverno agora?

Pode-se circular com pneus de inverno durante todo o ano? É uma dúvida que ocorre a muitos condutores que são obrigados a comprar pneus de inverno em determinado momento e depois vêem-nos na garagem, durante o verão, a ganhar pó. Ou que comprarm carros importados que já os trazem montados e que depois não dá jeito trocar porque não há dinheiro para comprar outros. Em Portugal, felizmente, não existem esta tendência, mas pode acontecer.
Ler mais…

Sabe armazenar pneus corretamente?

É impossível prever com exatidão absoluta quanto tempo vai durar determinado conjunto de pneus. Podemos prever que serão alguns anos, mas pode sempre tentar garantir que estes estão em bom estado por um longo período. Sempre que prolonga a vida útil, poupa os pneus e poupa em pneus, deixando mais alguns euros no seu bolso.

Um pneu bem armazenado irá garantir que mantém as caraterísticas e performances. O armazenamento e até o manuseio dos pneus feitos de forma adequada serão um aforro pecuniário significativo.
Saiba como armazenar pneus quando não os estiver a utilizar. Ler mais…

Relação entre a altura do pneu e a segurança rodoviária

Os pneus são a única ligação existente entre o automóvel e o solo, sendo o único meio de assegurar a transferência de forças entre o veículo e o pavimento.

Assim, convém garantir que a sua prestação é a ideal, de forma a assegurar a segurança de circulação do veículo. Saiba qual a relação entre a altura do pneu e a segurança rodoviária. Ler mais…

A importância de alinhar a direção

michelinpss_alignp

Será que o seu carro tem a direção alinhada? Quando foi a última vez que a verificou? Já não se lembra? Imagine por quantos buracos na estrada já passou desde essa última vez, por isso o melhor será perceber se ainda está alinhada?

Quando se trata de dúvidas sobre alinhamentos de rodas consulte o seu especialista Michelin, pois só com um bom especialista poderá garantir que o seu veículo está em condições de circular de forma segura na via pública.
Ler mais…

Buracos na faixa-de-rodagem que condicionam a segurança de todos

Buracos na faixa-de-rodagem que condicionam a segurança de todos

Uma via de circulação quer-se e deseja-se o mais segura possível para os seus utilizadores. Se assim for, está garantida uma elevada percentagem da segurança rodoviária reclamada por todos e que a todos deve servir.

Acontece que, ao olharmos para a grande parte das vias de circulação portuguesas, ditas como estradas ou ruas, verificamos que estas se encontram replectas de buracos, uns mais profundos do que outros, é certo, mas replecta dele; buracos que condicionam a segurança rodoviária de todos os seus utilizadores.

Ler mais…

Você circula seguro? (2/2)

5058226388_149b9d681e_b

O bom senso e a prudência são bons companheiros de viagem, se tivermos a calma de preparamo-nos para um determinado percurso este correrá invariavelmente melhor, siga as regras, cumpra a sinalização e respeite os outros, adoptar esta atitude é meio caminho andado para que possamos circular de forma segura, com menos complicações ou atritos, tanto para nós como para os outros utentes da via pública.

Depois de relembrar a importância de circular dentro dos limites de velocidade, do quão importante é para a sua segurança que os outros saibam antecipadamente o que irá fazer, assim como é importante você saber o que os outros irão fazer, para isso todos devem sinalizar as manobras. E no artigo anterior foi ainda relembrado o fiel cinto de segurança, veja mais algumas dicas para assegurar que você circula seguro. Ler mais…

Pneus de inverno, esta é a época de usá-los

michelin

Neste inverno não se torne em mais um número na estatística da sinistralidade rodoviária portuguesa, a aderência reduzida em conjunto com a redução de visibilidade caraterísticas desta época do ano são propícias a acidentes.

Circule de acordo com as condições meteorológicas e dentro dos limites de velocidade legais, siga o que o bom senso aconselha para cada estrada, mesmo quando é circula muito mais lento que o limite permitido e do que habitualmente o faz noutras condições.
Ler mais…

Os pneus e a aquaplanagem

Aquaplanagem -CS

Dois veículos da mesma marca e modelo testam uma situação de aquaplanagem em que apenas o estado do piso dos pneus os distingue.

Com o tempo fantástico que temos tido ultimamente quase que podíamos utilizar pneus lisos, como os de competição, mas não exageremos. De qualquer das maneiras o Inverno esta aí, pode chegar só em dezembro, mas vai chegar e quando as chuvas forem intensas e constantes o comportamento do veículo muda por completo nesse sentido convém ter pneus em ótimo estado. Mas compre os pneus já, porque quando compramos pneus novos em plena altura de chuvas fortes, o pneu não adere com a mesma eficácia, isto porque tem de romper uma micro camada na borracha que impede que o pneu se estrague enquanto está em armazém.

Ler mais…

Neste inverno avalie o rasto dos pneus

Michelin

Um automóvel é um veículo composto por diversos componente, muitos deles de desgaste e que necessitam de substituição. Muitos desses componentes  não se encontram à vista desarmada, no entanto outros há que se veem muito bem, mas o nosso conhecimento não nos permite observá-los como realmente o deveríamos fazer.

Um dos componentes e consumíveis que o nosso automóvel tem são os pneus. Esses “sapatos” do veículo que têm a função de ligar todo o resto ao pavimento. E os pneus têm uma função muito especifica na segurança rodoviária. A sua essencial função é garantir que o veículo se desloca pela trajetória definida pelo condutor, suporta de forma ideal o peso do veículo e permite uma dissipação de energia capaz de o fazer parar em espaço útil.

Ler mais…

O que é o TPMS ou controlo da pressão dos pneus?

TPMS, sensor de pressão dos pneus

TPMS são as iniciais de Tire-Pressure Monitoring System ou “sistema de monitorização da pressão dos pneus”, ainda que normalmente seja conhecido por “controlo da pressão dos pneus”, que é uma forma mais frequente de dizer o mesmo. O TPMS é um desses elementos de segurança ativa que, embora simples, evita problemas uma vez que nos lembra da importância da pressão dos pneus. Em si, a função do sistema é esta: avisar o condutor de uma perda de pressão de ar nos pneus.

Recordemos que o pneu foi concebido para funcionar com uma determinada pressão, a qual é indicada pelo fabricante. Com uma pressão de ar inadequada, aumenta o consumo de combustível, o desgaste do piso do pneu é irregular, o veículo perde aderência ao solo –principalmente com solo molhado– aumentando a distância de travagem e corre o risco de perder a estabilidade e, inclusivamente, existe o perigo de que a roda salte da jante e o pneu rebente. O TPMS corta pela raiz todos esses problemas.

Ler mais…