Artigos na etiqueta Travagem de emergência autónoma

Quando a travagem não é compatível com a distância de segurança

Velocidade e distãncia de segurança

A travagem de um veículo, seja ele qual for, está sempre diretamente associada à velocidade a que esse mesmo veículo circula e à distância de segurança que vai mantendo em relação ao veículo que o procede.

Quando circulamos em conjunto com outros veículos, devemos ter em consideração diversos fatores, sendo um deles a distãncia que mantemos relativamente ao veículo que nos precede, mas também a capacidade que o nosso veículo dispõe, em caso de haver necessidade, de efetuar uma travagem, seja ela de maior ou menor intensidade.

Ler mais…

A verdadeira razão para manter uma boa distância de segurança

distância de segurança

Muito se tem escrito e falado sobre distância de segurança. No entanto, continua-se a não respeitar as normas de segurança mais elementares, como por exemplo a velocidade e a distância de segurança em relação aos veículos que precedem.

Se é verdade que por vezes se torna difícil perceber se a distância de segurança que estamos a aguardar é a suficiente para se evitar um conflito rodoviário, nunca será demais que se deixe uma distância de segurança ainda maior, nessa mesma dúvida.

Ler mais…

A travagem de emergência autónoma no mundo real

Collision mitigation braking

A travagem de emergência autónoma, em inglês Autonomous Emergency Braking (AEB), é um sistema que cada vez são mais comum nos carros de passageiros modernos, e permitem aos modelos que o possuem reduzir as colisões traseiras em 38 por cento, de acordo com uma nova pesquisa com base em dados do mundo real.

A travagem de emergência autónoma é uma das melhores opções para evitar acidentes a baixa velocidade, normalmente é uma função que trabalha a velocidades de até 30 km/h ou 50 km/h, depende das marcas e modelos. Estudos anteriores previram benefícios esperados significativas de tecnologia AEB para as colisões traseiras a baixa velocidade, mas este estudo combinou dados do mundo real de cinco países europeus e da Austrália para examinar o efeito do sistema em acidentes reais. Ler mais…

Travagem de emergência autónoma reduz acidentes em 28%

Volvo-City-Safety-1

As novas tecnologias ajudam a evitar acidentes e quando não evitam reduzem os efeitos e a gravidade dos mesmos para os indivíduos envolvidos. Um dos estudos científicos mais completos onde foram analisados os dados de sistemas anti-colisão revela que a tecnologia “City Safety” da Volvo reduz os pedidos aos seguros em 28 por cento, quando analisamos os embates traseiros.

Com base nos acumulados de reclamações de seguros nas seguradoras suecas, os dados revelam que o desempenho do “City Safety” é conclusivo e revela o valor na vida real deste sistema anti-colisão, que na verdade é uma travagem de emergência autónoma.
Ler mais…

Travagem de emergência autónoma

Duarte Paulo_ travagem emergencia automática

Enquanto crianças sonhamos com automóveis que se conduziam sozinhos, hoje vivemos num mundo onde isso já não está assim tão distante do consumidor comum, já vimos viaturas a estacionar sozinhas e bem. Vemos viaturas a serem lançadas no mercado com sistemas eletrónicos de ajuda aos condutores cada vez mais avançados, úteis e práticos na condução do dia-a-dia. Vamos ver em promenor a travagem de emergência autónoma.

Para qualquer pessoa uma das piores coisas que podem suceder ao conduzir é ver-se envolvida em acidentes, principalmente aqueles em que tem culpa e que seriam facilmente evitáveis. Os casos de acidentes onde uma viatura bate na traseira de outra são dos mais comuns. De algum tempo para cá algumas marcas estão a comercializar alguns modelos, chamados de gama alta, com sistemas que evitam esse tipo de acidentes.

Esses sistemas variam na forma de funcionar, na forma que o sistema consegue “ler” a estrada. Alguns sistemas utilizam radar, outros laser, alguns possuem deteção por vídeo, existindo ainda aqueles que combinam várias destas técnicas para detetar quando pessoas ou outros obstáculos estejam presentes, e em situação de perigo eminente atuam de forma a evitar o acidente.

Ler mais…