Artigos na etiqueta Travar com segurança

Como se utiliza o travão-motor?

Quando se frequentam aulas teóricas de condução no programa de formação para aquisição do título de condução, aborda-se o tema ” motor como auxiliar de travão”.

Nas lições práticas, ao longo destas, também os formadores abordam o tema, numa vertente completamente prática e no sentido, não apenas de demonstração e especificação do que se apreendeu na teoria, mas essencialmente para que saiba quando e em que condições se pode e deve utilizar na prática.

Ler mais…

Sabe fazer a manutenção dos travões do seu carro?

Alguns dos acidentes que ocorrem diariamente nas nossas estradas devem-se a uma falha, ou a um mau funcionamento dos travões, por isso, é essencial que todos os componentes que fazem parte deste orgãoo essencial da segurança de qualquer veículo, sejam mantidos nas melhores condições de funcionamento.

Sabe fazer a manutenção dos travões do seu carro? São os travões que permitem imobilizar o seu veículo de forma segura, sendo que a distribuição da potência de travagem na maioria dos veículos é feita 70% à frente e o restante atrás. Saiba mais aqui. Ler mais…

Esteja atento aos travões

15598261878_1951817d58_k

O sistema de travagem é um dos elementos mais importantes na mecânica dos automóveis e motos, em conjunto com o sistema de direção são os dois componentes mais importantes de qualquer veículo.

No caso especifico dos travões, são projetados, desenhados e dimensionados, com o objetivo de garantir uma capacidade de desaceleração do veículo considerada eficaz perante uma utilização regular do mesmo. Ler mais…

Como evitar o desgaste prematuro dos travões

25700642891_4dd59e101e_k

Sabia que um em cada cinco carros que circulam nas estradas espanholas possuem os travões em mau estado? Esperamos que nenhum deles seja o seu, porque os travões são um elemento-chave na segurança e se não funcionar bem está arriscando a sua segurança e a dos outros utentes da estrada.
Quando os travões estão desgastadas um veículo circulando a 50 km/h percorre 29 metros até se imobilizar, quatro metros mais tarde, que se os tivesse em boas condições. Se a velocidade for de 90 km/h pára em 69 metros, 12 metros a mais que o normal, e se circular a 120 km/h, detêm-se em 110 metros, mais 20 metros… Esta diferença não é para ser tomada de ânimo leve. Ler mais…

Ser civico com os pesados

Veículos pesados

Na estrada existe um grupo de veículos que por suas características são designam por pesados. São camiões rígidos, autocarros e veículos articulados. As suas características relativamente a peso, altura e comprimento fazem-nos mais vulneráveis e muito mais complicados de conduzir. O seu centro de gravidade está mais alto e permite assim que capote mais facilmente. Mas acima de tudo, estão expostos às transgressões cotidianas dos restantes condutores.

Não tem comparação conduzir um carro ou pilotar um camião que leva 35 Ton de tomate. As suas respostas são mais lentas e necessitam de mais espaço para travarem, muitos metros de estrada para ganharem velocidade e um amplo espaço para circularem. A nossa forma de circular bem pode ser estritamente de acordo com as normas e ao mesmo tempo perigosa e danosa para os profissionais da estrada. Independentemente dos motivos de cada um e de quanto mal sejamos tratados pelos camionistas, deveríamos seguir certas orientações a fim de não provocarmos acidentes nem obriga-los a manobras arriscadas. E por acréscimo, certamente que evitaremos mais do que um susto ao encontrarmo-nos com eles.

Ler mais…

Conduzir na Madeira

Madeira curva
Quando vamos de férias ficamos às vezes algo apreensivos pelas características da rede viária local, muitas vezes ampliada pela “fama” de outrora. A ilha da Madeira sofre dessa depreciação devido às antigas estradas, conduzir na Madeira era realmente complicadas e só para condutores experientes.

Mas as estradas evoluíram muito, novas acessibilidades permitiram retirar a dificuldade de viajar pela ilha, devido à orografia muito acidentada, o que mais beneficiou as ligações entre as diferentes zonas foram os túneis e as pontes, pelo que são uma constante ao longo de toda a ilha.
Ler mais…

Travagem de emergência autónoma

Duarte Paulo_ travagem emergencia automática

Enquanto crianças sonhamos com automóveis que se conduziam sozinhos, hoje vivemos num mundo onde isso já não está assim tão distante do consumidor comum, já vimos viaturas a estacionar sozinhas e bem. Vemos viaturas a serem lançadas no mercado com sistemas eletrónicos de ajuda aos condutores cada vez mais avançados, úteis e práticos na condução do dia-a-dia. Vamos ver em promenor a travagem de emergência autónoma.

Para qualquer pessoa uma das piores coisas que podem suceder ao conduzir é ver-se envolvida em acidentes, principalmente aqueles em que tem culpa e que seriam facilmente evitáveis. Os casos de acidentes onde uma viatura bate na traseira de outra são dos mais comuns. De algum tempo para cá algumas marcas estão a comercializar alguns modelos, chamados de gama alta, com sistemas que evitam esse tipo de acidentes.

Esses sistemas variam na forma de funcionar, na forma que o sistema consegue “ler” a estrada. Alguns sistemas utilizam radar, outros laser, alguns possuem deteção por vídeo, existindo ainda aqueles que combinam várias destas técnicas para detetar quando pessoas ou outros obstáculos estejam presentes, e em situação de perigo eminente atuam de forma a evitar o acidente.

Ler mais…