Artigos na etiqueta Venda de carros e Segurança Rodoviária

Vendas de carros novos em Portugal

 

O mercado automóvel desceu 9,1% no mês de outubro, apesar deste registo o acumulado desde janeiro regista um aumento de 4,8%. Esta queda foi a segunda consecutiva depois do aumento de agosto, parte devido ao receio do aumento de impostos que posteriormente o Governo adiou para janeiro.

Os consumidores, naturalmente, escolhem comprar no momento que é mais económico. Devido a este fato é expectável que surja um novo pico, mesmo que menos acentuado, em dezembro. Sempre com o intuito de evitar os aumentos de ano novo. Mas vamos esmiuçar os números de 2018 disponíveis neste momento. Ler mais…

O equilíbrio entre condutores séniores e carros novos

idosos e carros novos

De acordo com a Federal Highway Administration, dos Estados Unidos da América, há bem mais de 2 milhões de condutores habilitados com mais de 85 anos de idade e espera-se que esse número cresça significativamente nos próximos anos. Felizmente vivemos mais e mais ativos do que nunca. Esta é a geração, agora condutores séniores, em que quase todos tiraram carta de condução durante a adolescência e conduziu desde então.

Um condutor de hoje com 85 anos, provavelmente, começou a conduzir com 15 ou 16 anos, que data o início de sua “carreira de condutor” para 1943-1944, no auge da Segunda Guerra Mundial. Em termos automobilísticos, foi aproximadamente um quarto de século antes dos cintos de segurança serem adaptados nos carros.
Ler mais…

Venda de carros novos aumenta em Portugal

venda de novos

O que interessa a venda de carros novos para a segurança rodoviária? Interessa muito! Sempre que um modelo novo é adquirido, a segurança intrínseca é normalmente superior ao modelo que vem substituir, tanto pela normal evolução das tecnologias como pelas novas normas exigidas pela indústria automóvel.

Após 25 meses de evolução negativa nas vendas de automóveis novos no mercado português, no início de 2013, finalmente existiu um mês positivo, esse primeiro mês de melhoria foi Fevereiro, ao longo de 2013 ainda houve dois meses de recaída, em Abril e Maio, mas no fim do ano os números apresentaram um saldo positivo superior a 11%, estes valores incluem todos os tipos de veículos novos.

Ler mais…