Escola de condução e o marketing associado ao veículo adequado ao ensino da condução

 

Escolas de condução - filmagens dos exames

Todos nós, se estivermos bem atentos, verificamos que cada escola de condução tem, regra geral, marcas e estilos de veículos diferentes umas das outras. E muitas vezes nos perguntamos qual a escola de condução que terá o melhor veículo ou o veículo mais adequado ao ensino da condução automóvel.

É verdade que existem diversas marcas de automóveis e que cada escola de condução escolhe aquele que melhor lhe parece, aparentemente, que sirva os seus interesses e os dos seus clientes. Mas não é menos verdade que muitas escolas de condução não possuem os veículos mais adequados ao ensino da prática de condução.

O ensino de condução na escola de condução

Quando procuramos uma escola de condução para adquirirmos formação adequada para obtenção do nosso título de conduzir, procuramos, normalmente, a escola de condução que pratique melhores preços ou, pelo menos, os mais apelativos e respectivas condições de pagamento do serviço.

No entanto, isso nem sempre é o mais adequado. Quando procuramos uma escola de condução, devemos ter em atenção diversos factores, como por exemplo; custo dos serviços (lembrar que actualmente a lei portuguesa impõe a existência de um contrato onde estejam expostas as condições do mesmo), tipologia das lições teóricas, veículos (lembrar que existem escolas de condução cujos veículos ou são antigos ou não têm potência adequada ao ensino), Instalações da escola de condução (verifique a higiene da mesma, incluindo casas de banho), cordialidade no atendimento (essa cordialidade é bem demonstractiva da qualidade de formação que vai receber), e claro, tente adquirir referências da própria escola. Poderá fazê-lo junto do IMT ou de pessoas que frequentaram a escola em questão.

Mas afinal por que existem tantos veículos diferentes, mediante cada escola de condução? Tal facto deve-se, essencialmente, a uma questão de marketing. Se uma escola de condução tiver ao seu serviço um veículo atractivo, ou mais atractivo do que outra, a possibilidade de ser escolhida por parte de um futuro cliente, aumenta.

Imagine que quer inscrever-se numa escola de condução. Visita diversas escolas e apercebe-se que existem escolas com veículos cuja gama de luxo é elevadíssima. Mas será esse veículo um bom veículo? Eventualmente, sim. Mas também poderá dar-se o caso de não.

Ter um BMW Série 1 numa escola de condução é, certamente, um factor atractivo. Mas para quem está a aprender, será esse um bom veículo de aprendizagem? Quem tem esse veículo ao serviço da sua escola de condução dirá que sim, no entanto a dimensão da frente, a posição do condutor, entre outros factores, poderão ser factores negativos.

Mas se uma escola de condução tiver viaturas mais altas, onde o candidato a condutor se sinta mais confortável e capaz de analisar tudo o que o rodeia, esse será um factor de vantagem.

Depois existem aquela escola de condução que tem ao seu serviço um veículo mais pequeno, como o Opel Corsa, por exemplo. Este é um automóvel que já teve os seus dias de glória, no entanto nos dias de hoje não oferece uma dinâmica capaz de auxiliar quem está a aprender a conduzir, principalmente os de cilindrada mais reduzida.

Então o veículo ideal é aquele que, não sendo de elevadas dimensões, consegue proporcionar uma boa visibilidade e potência capaz de ajudar o seu condutor a vencer os mais diversos obstáculos.