Sabe fazer a manutenção dos travões do seu carro?

Alguns dos acidentes que ocorrem diariamente nas nossas estradas devem-se a uma falha, ou a um mau funcionamento dos travões, por isso, é essencial que todos os componentes que fazem parte deste orgãoo essencial da segurança de qualquer veículo, sejam mantidos nas melhores condições de funcionamento.

Sabe fazer a manutenção dos travões do seu carro? São os travões que permitem imobilizar o seu veículo de forma segura, sendo que a distribuição da potência de travagem na maioria dos veículos é feita 70% à frente e o restante atrás. Saiba mais aqui.

Os travões de disco são regra nas rodas dianteiras, enquanto na traseira podem ser de tambor ou de disco. Na generalidade dos veículos o sistema é apoiado pelo sistema anti-bloqueio, conhecido pela sigla ABS.

A importância da manutenção dos travões

Por que é importante a manutenção dos travões? Porque mesmo que não falhem completamente, a existência de uma menor eficácia provoca um prolongamento das distâncias de travagem, o que pode provocar acidentes devido à falha no calculo do espaço necessário para imobilizar a viatura.

Quando deverá inspecionar os travões do seu travões? Sempre que detetar algum destes indícios:
– O pedal de travão parece demasiado frouxo, ou esponjoso;
– As rodas bloqueiam mais rápida e frequentemente do que o habitual;
– O veículo guina ao travar;
– É necessário pressionar com mais força o pedal para que os travões funcionem adequadamente;
– Ouve ruídos ao travar;
– Percebe que o nível do fluído dos travões desceu do ponto máximo.

Para manter a segurança do seu sistema de travagem, o óleo deve ser trocado a cada dois anos, ou sempre que se detete humidade, pois esta reduz o ponto de ebulição do óleo, ficando o sistema de travagem comprometido.

É um sistema que tem prioridade em todos os serviços de manutenção. É aconselhável que cumpra os intervalos de manutenção de acordo com as especificações do fabricante do seu veículo.

As pastilhas dos travões exercem pressão sobre os discos, se estiverem gastas não só é mais difícil para o veículo, como também irá danificar os discos e exigir reparações mais onerosas. No caso dos travões de tambor os calços devem ser periodicamente verificados para evitar o desgaste prematuro.

Sabe fazer a manutenção dos travões do seu carro?

Preste muita atenção no caso de querer fazer a manutenção dos travões em casa. É uma tarefa para especialistas ou curiosos que gostem de mecânica, ainda assim é preciso muita atenção. Para começar prepare o material e as ferramentas necessárias para a intervenção. Em primeiro lugar adquira o conjunto de pastilhas de travão novas. Para a substituição irá precisar de luvas, não só para manter as mãos limpas, mas essencialmente para as proteger.

Necessitará também de um macaco e de um cavalete. Retire a chave de rodas do veículo, prepare uma chave de fendas, ou de cruz, que servirá para ajudar a retrair o pistão do travão.

Levante o carro, apoie-o no cavalete, retire a roda e verifique qual a posição da pastilha para poder facilmente recolocar a nova na mesma localização e da mesma forma. Encontre os pernos deslizantes que prendem a pinça, são duas peças localizadas nos extremos da maxila de travão, normalmente basta remover o parafuso inferior e subir a maxila.

Com a chave de fendas, ou cruz, ajuste o pistão de forma a ganhar espaço para colocar as novas pastilhas que naturalmente têm mais espessura que as antigas. Reposicione a maxila, coloque o perno deslizante e aperte-o.

Antes de circular e com o motor em funcionamento, bombeie o pedal diversas vezes, isto irá ajustar o espaço “extra” que tinha criado para a colocação das novas pastilhas. Verifique o nível do fluído de travão e o funcionamento do sistema de forma cuidadosa, num local apropriado.

Sabia que apesar da consciência de que os travões são importantíssimos, o mau estado destes são a terceira incidência que mais se deteta na Inspeção Periódica Obrigatória? Verifique periodicamente o seu estado. Boas viagens em segurança.

Foto | Wikimedia Commons