Soluções tecnológicas que evitem a sinistralidade rodoviária serão sempre bem vindas

Soluções tecnológicas serão sempre bem vindas à segurança rodoviária

Ao longo dos anos as soluções tecnológicas que tem sido incorporada nos veículos, automóveis ou motos, tem como missão um aumento da segurança activa e passiva, procurando sempre a diminuição da sinistralidade rodoviária e todas as suas nefastas consequências.

Acontece que, infelizmente, essas soluções tecnológicas são numa primeira fase, que por vezes demora anos, utilizadas em veículos de gama alta, afim de os valorizar no mercado e desta forma inflacionar o seu custo, proporcionando maiores lucros aos constructores.

Quando alguém tem uma boa ideia e a coloca no terreno

Olhar para a segurança rodoviária, ou seja para o bem estar dos utilizadores da via pública, como um meio de enriquecer, será sempre uma atitude reprovável, apesar de tal acontecer actualmente e sempre irá acontecer. No entanto, quando alguém, visionário, percebe que pode alcançar o lucro, oferecendo a segurança, a isso chama-se altruísmo inteligente.

A Samsung, marca internacional, fez algo que muitas outras marcas já poderiam ter feito, mas cuja inteligência ou vontade de promover o bem estar dos não permitiu que fizesse. A Samsung, percebendo a elevada dificuldade que um condutor tem em perceber a possibilidade de ultrapassar um automóvel pesado, devido ao elevado volume que se desloca à sua frente, equipou os seus camiões com câmaras de filmar na dianteira dos mesmos e ecrãs gigantes na rectaguarda.

Com esta solução, a marca permite que um condutor que transite na rectaguarda de um dos seus camiões, perceba com enorme facilidade, se em sentido contrário transita algum veículo, facilitando desta forma a avaliação de uma eventual ultrapassagem.

Como se pode verificar no vídeo que a marca disponibiliza, ao circularmos nas traseiras destes veículos, poderemos não apenas avaliara a circulação em sentido oposto ao nosso, mas também a distância que existe entre o camião e o veículo que o antecede. Assim, torna-se mais fácil analisar a segurança da manobra. Infelizmente, e uma vez que esta é uma proposta da marca, soluções tecnológicas como esta vão estar sempre bloqueadas pelos interesses económicos das marcas de automóveis.

Foto¦ Samsung