Tecnologia vai reduzir número e gravidade de acidentes em cruzamentos

A Honda está a testar um cruzamento inteligente, em que câmaras de vídeo alertam os condutores para os perigos, veículos e peões que não conseguem observar.

Marysville é uma cidade norte-americana do estado do Ohio que tinha apenas 5.000 pessoas no início dos anos 1990, tendo, entretanto, quintuplicado de tamanho.

Esta localidade foi escolhida pela Honda para o desenvolvimento de um projeto de segurança que apelidou de “Interseção Honda Smart”.

A Smart Intersection é composta por uma série de câmaras de grande-angular localizadas em cima de cada semáforo e comunicam diretamente com ecrãs montados no painel.

Conforme os condutores se aproximam do cruzamento, o sistema alerta sobre qualquer perigo iminente, quer se trate de um veículo de emergência que ainda não se encontre no campo de visão, um peão não visível ou mesmo um carro a travar ou imobilizado.

No seu estado atual, este sistema de comunicação, do veículo para infraestrutura (comumente chamado de V2X) é completamente passivo e só pode ser usado como um sistema de alerta.

No entanto, os engenheiros que trabalham nesta tecnologia sublinham o potencial de vincular esta tecnologia da interseção inteligente a sistemas de tecnologia de segurança ativa, como travões automáticos ou tecnologias auxiliares de manutenção na faixa de rodagem. De resto, esse parece ser o caminho em direção a um ambiente rodoviário inteligente, com veículos autónomos ou com elevados níveis de automação.

Por enquanto, a frota inicial de 20 veículos envolvidos no programa-piloto servirá como o grupo de amostra. A próxima meta do programa é colocar 300 veículos a circular em Marysville com este tipo de V2X.

Quando detetada a aproximação de veículos de emergência, de peões e automóveis parado e para cada caso detetado, o painel mostra um grande gráfico animado, ao mesmo tempo que alerta o condutor sobre possíveis perigos.

Esta interseção inteligente vê virtualmente através dos edifícios, graças às múltiplas câmaras, que permitem ao sistema observar o que o automobilista não pode observar. A interseção inteligente pode ver 30 metros além do cruzamento em todas as quatro direções, dando visibilidade muito além do que um condutor se aproxima de uma interseção.