Estacionamento fora das localidades

Estacionamento na Faixa de Rodagem

Durante muitos anos não houve, em Portugal, uma politica de organização na distribuição da industria. Ou seja, durante muitos anos poderia abrir-se uma empresa industrial onde quer que fosse. Tal, fez com que nos deparássemos com um enorme problema; empresas industriais à beira que qualquer faixa de rodagem, seja dentro ou fora das localidades.

Acontece que nem só a industria de produção envolve a movimentação de grandes cargas. Grandes cargas essas que estão sujeita a transporte com recurso a viaturas pesadas e de dimensões que por vezes não se enquadram nas vias de comunicações que necessitam utilizar.

Stand de venda de automóveis

Os stands de venda de automóveis, os mais antigos, não estão muitos deles equipados com parque de viaturas capaz de albergar os automóveis pesados de transporte de viaturas, o que faz com que estes tenham de recorrer ao estacionamento na via pública, nomeadamente na berma e faixa de rodagem.

Ora, quando tal acontece, faz com que o embaraço localizado no trânsito aconteça. Tal facto vai fazer com que constrangimentos surjam os atrasos, as filas e os conflitos entre condutores e condutores e peões, uma vez que todos querem passar e não o podem fazer em simultâneo.

Como se pode verificar na imagem, na estrada nacional 111, ao chegar á Figueira da Foz, por vezes encontram-se estacionados na via pública, ocupando a berma, que quase é inexistente e se destina ao trânsito de peões que se faz na zona, e a faixa de rodagem que, não sendo muito larga, mais estreita se vai tornar.

Uma vez que no local existe um stand de automóveis com oficina, a descarga de viaturas novas é efetuada  na faixa de rodagem, o que ainda complica mais o trânsito. Para dificultar ainda mais e aumentar o risco de acidente rodoviário, a anteceder o local, a cerca de trinta a quarenta metros existe uma curva com pouca visibilidade.

Para que a situação não se tenha de repetir e continuando a criar situações de risco eminente de acidente, seria pertinente desenvolver um espaço fora da zona urbana da cidade e suas entradas, para que aí os automóveis pesados de transporte de mercadorias pudessem efetuar as suas descargas e posteriormente em viaturas mais pequenas, sempre que necessário, pudessem ser transportadas para as respectivas empresas.