Cuidados ao ultrapassar camiões em estradas secundárias

veículos pesados

O camião é uma viatura quase omnipresente nas estradas. A sua presença continuada no trânsito rodoviário acontece por causa da sua importância no transporte de mercadorias, pressupondo grande parte da logística terrestre no nosso país. Além disso, no verão é uma logística que ainda aumenta, no sentido de levar bens até aos principais destinos turísticos do país.

Deste modo, é muito provável que se sair de viagem de carro, se cruze com algum ou vários camiões no percurso. E tendo em conta que estes têm a velocidade limitada, inevitavelmente terá de os ultrapassar em algum ponto, para continuar no ritmo. Numa autoestrada, é uma manobra simples e sem complicações, pela existência de duas vias no mesmo sentido. No entanto, se estivermos numa estrada secundária, pode ser stressante realizá-la, caso não estejamos acostumados a fazê-lo, por estarmos habituados a conduzir apenas em cidade ao longo do ano.

veículos pesados

Como ultrapassar: passo a passo

O camião é um veículo bastante diferente de um automóvel (principalmente no comprimeto), o que exige maiores precauções na altura de realizar esta manobra. A Fundação MAPFRE explica na sua página na internet como fazê-lo, pelo que trataremos de o resumir nos seguintes pontos.

  • Perceber a necessidade da ultrapassagem

Devemos considerar se realmente vamos poupar tempo ao ultrapassar o camião, sobretudo se temos pensado fazer uma paragem em breve ou se vamos cruzar alguma localidade nos próximos quilómetros.

  • Comprovar de que temos espaço para a ultrapassagem

Não só devemos confirmar se vêm carros de frente em sentido contrário, mas também se teremos espaço com traço descontínuo suficiente para finalizar a ultrapassage,

  • Perceber se alguém já nos vai a ultrapassar

Confirmar através dos espelhos retrovisores se algum veículo atrás de nós tem intenção de nos ultrapassar. Nesse caso, o melhor é deixá-lo fazer a ultrapassagem, esperar que o finalize para o fazer depois. Nunca ao contrário.

  • Sinalizar a manobra

Para avisar o condutor do camião, sinalize com o pisca esquerdo, uns 20 ou 30 metros antes de chegar perto dele, para que ele possa ver pelo retrovisor.

  • Manter a distância de segurança do camião

Nem mesmo ao iniciar a ultrapassagem devemos chegar perto da traseira do camião. Além de podermos colidir devido à proximidade, no caso de uma travagem do camião, perderemos a visibilidade da estrada.

  • Ultrapassar o camião com determinação

Quando estamos certos de que temos a estrada livre para ultrapassar, «lançamo-nos» à manobra. O ideal é fazê-lo com distância suficiente para poder invadir a faixa contrária de forma gradual. Também é recomendável iniciar a manobra uma ou duas velocidades abaixo do normal, para ganhar mais potência e aceleração.

  • Precaução com os golpes de vento e as mudanças de pressão

Quando vamos a ultrapassar o camião, notaremos um «golpe» de ar vindo do veículo. Devemos estar preparados para não perder o controlo do carro.

  • Incorporar-nos na faixa direita com suavidade

Após ultrapassar o camião, voltaremos à nossa faixa de forma gradual. Por isso, o conveniente é que deixemos outros 15 ou 20 metros de espaço do camião antes de começar a realizar a incorporação. Uma boa referência é ver o camião pelo retrovisor central do nosso carro.

veículos pesados

Um dos maiores mitos é que os condutores de camião são condutores imprudentes que acham que são donos da estrada. Não há nada mais longe da realidade. Na sua grande maioria são utilizadores experientes, com um grande respeito pela estrada e pelas regras de trânsito. Na maioria dos casos vão facilitar a manobra, pelo que nós também devemos realizar a manobra de forma correta. Por isso é importante seguir regras como estas que ajudam à sã convivência de todos na estrada.

 

Imagens | PxHere | PxHere | PxHere | Flickr/Walmart

Fonte: CirculaSeguro.com