Conselhos para conduzir com nevoeiro

Conduzir com nevoeiro - CS

Todos nos lembramos do acidente mais trágico até aos dias de hoje nas estradas portuguesas, no dia 23 de Agosto de 2010, quando 57 veículos embateram na A25 junto ao nó das Talhadas. Tudo devido ao nevoeiro, pois bem o nevoeiro é provavelmente o elemento mais perigoso na estrada, uma vez que impede a visão da estrada que se encontra à frente e em alguns casos tão denso que torna-se impossível conduzir. Para quem nunca conduziu naquela zona da A25 experimente a colocar uma folha de papel vegetal à sua frente e é o mesmo resultado, quando o nevoeiro é muito denso naquela zona é impossível de conduzir, limitamo-nos a seguir as linhas sem qualquer ideia do que possa estar à nossa frente.

Foi precisamente o nevoeiro denso que provocou, 57 veículos envolvidos, 6 mortos, 72 feridos dos quais 48 em estado grave, 2 pesados e 10 ligeiros incendiaram-se e o dado mais grave, uma pessoa morre atropelada a pedir aos carros para abrandarem.

Se acompanhou as notícias de então deverá lembrar-se que esta tragedia mereceu atenção dos mais altos cargos da chefia governativa, prometendo que a estrada seria melhorada, com linhas luminosas, postes para iluminação, e até a melhoria do próprio traçado, no entanto se passar por esse local agora, 4 anos depois, nada foi feito, renovaram o piso porque os incêndios queimaram o alcatrão colocaram sinais luminosos de informação variável, mas mais nada e nada que melhora-se realmente as condições da via quando esta tem nevoeiro cerrado.

Quando está muito nevoeiro o melhor conselho que se pode dar é que saia na próxima saída e espere um pouco para que este levante, mas como sabemos hoje em dia andamos todos com pressa para ir a algum lado mesmo que às vezes não se saiba muito bem para onde e então deverá seguir alguns procedimentos para que o seu carro esteja preparado para este tipo de condições muito adversas.

Conduzir com Nevoeiro -CS

Mantenha os vidros do seu carro desembaciados com produtos próprios para prevenir esse fenómeno, frequentemente o nevoeiro é acompanhado de temperaturas baixas, que provocam o embaciamento dos vidros e consequente diminuição da visibilidade para o exterior. Manter as escovas limpa-vidros funcionais, água no limpa para-brisas e o aquecimento ou o ar condicionado a ventilar contra o para-brisas. E verifique continuamente os retrovisores em especial se tiver de travar.

A velocidade deve ser especialmente moderada com nevoeiro. A velocidade segura nestas condições deve permitir que o condutor consiga parar no espaço visível, no entanto não deverá reduzir em demasia principalmente se estiver numa autoestrada porque poderão vir outros veículos a maior velocidade e não terão tempo de para a viatura (que foi o que aconteceu na A25).

A distância de segurança aplicável com nevoeiro, não é a mesma que em condições de boa visibilidade, pois muitas vezes, mal se vê o carro da frente, deverá manter uma velocidade constante e se for atrás de um veículo mantenha sempre uma grande distância. Ao considerar a distância de segurança, devemos tomar em consideração que o nevoeiro não apresenta uma densidade constante. Há zonas mais densas onde a visibilidade repentinamente se reduz.

Se encontrar nevoeiro repentinamente não trave bruscamente, é em especial nestes locais, que se dão os acidentes mais graves. Os condutores entram de repente numa zona com visibilidade quase nula, assustam-se, travam, e provocam séries de travagens em cadeia, de onde resultam graves colisões e despistes.

As luzes são um elemento fundamental na comunicação no nevoeiro, em especial as luzes de médios. Elas devem ser sempre usadas, de dia ou de noite com nevoeiro. Os máximos devem ser evitados, em especial à noite, pois refletem-se no nevoeiro impedindo a visibilidade a maior distância. Sempre que necessário, mantenha ligados os faróis de nevoeiro traseiros. Os 4 piscas ou luzes de emergência, só devem ser utilizados se o veículo estiver imobilizado, ou a circular a velocidades muito baixas ou quando fizer uma travagem forte e repentina.

Se circular em autoestrada, encoste à fila da direita, pois terá sempre uma escapatória na berma e, em caso de imobilização por força de qualquer acidente, permitir-lhe-á fugir rapidamente para fora da estrada.

E em caso de nevoeiro forte, pense em parar e aguarde que o nevoeiro levante.

Se alguma vez apanhou algum susto enquanto conduzia com nevoeiro, conte-nos a sua experiência.